top of page

Honda apresenta equipes para 2023


Fotos Moacyr Gaya

Nesta quinta-feira (23/02) a Honda apresentou suas equipes para a nova temporada, e com novidades. Em evento realizado na capital paulista, inicialmente a fábrica homenageou o supercampeão de rally, Jean Azevedo, que se despede das motos e afirma que vai competir no próximo Sertões nas quatro rodas.


Com mais de 30 anos de carreira e 80 títulos conquistados. Entre eles, sete títulos entre as motos do Sertões e 10 taças de campeão geral no Brasileiro de Rally. Ele defendeu a Honda Racing de Rally por 10 temporadas e se despediu das provas do motociclismo. “É uma honra receber essa homenagem. Foram 10 anos defendendo a equipe, tenho uma família aqui na Honda. Foi um prazer enorme. Agradeço todo o apoio e a confiança”, declara Jean Azevedo, que recebeu uma placa das mãos de Marcelo Langrafe, diretor comercial, em nome da Honda. Pedro Sampaio, que anunciou aposentadoria das pistas, também esteve no evento e recebeu uma salva de palmas pela vitoriosa carreira. Nos últimos dois anos, como piloto Honda, ele foi bicampeão da categoria SuperBike Pró, no SuperBike Brasil.

Equipes para 2023 - Após conquistar 30 títulos no ano passado, a fábrica informa que a principal meta é defender as taças das principais competições e provas do Motocross, Enduro, Rally e Motovelocidade. As metas vão além das competições nacionais. A Honda Brasil acelera em 2023 com o piloto Eric Granado, que competirá pela primeira vez em todas as etapas do Campeonato Mundial de Superbike com a motocicleta CBR 1000RR-R Fireblade SP da equipe satélite Honda MIE Racing.

Outro piloto Honda que irá representar o Brasil na elite do esporte será Bruno Crivilin. Pelo quarto ano no Mundial de Enduro, o desempenho consistente rendeu o ingresso na equipe oficial Honda Racing RedMoto. Crivilin também disputa o Campeonato Português de Enduro com a motocicleta Honda CRF 250 RX.


Marcelo Langrafe, diretor comercial da Moto Honda, ressaltou a importância das competições, que fazem parte do DNA da empresa. “Nós sempre destacamos a frase do fundador, Soichiro Honda, que disse que ‘sem competições, não há Honda’. As competições representam um verdadeiro laboratório de testes para as nossas motocicletas. O desenvolvimento e o aprendizado das pistas equipam nossa linha de produtos para uma pilotagem cada vez mais divertida e segura”, explica.


A primeira novidade, é o nome do chefe da equipe de Enduro, Fernandinho Silvestre. Piloto e empresário do setor, Fernandinho tem um histórico importante no off road nacional, e agora tem o desafio de levar o nome da Honda para o ponto mais alto do pódio. A equipe vai contar com os pilotos Vinícius Calafati, atual campeão das categorias Elite e E1 do brasileiro, Rômulo Bottrel, Alexandre Valadares (campeão da E4) e Barbara Neves (campeã da EF). "Vamos trabalhar para manter a receita de sucesso da equipe na temporada passada, e para isso vamos dar as melhores condições que a equipe pode oferecer. Estou muito impressionando com o nível de dedicação que eles estão tendo, e aguardo todos os fãs da modalidade na abertura em Mairiporã, nos dias 10 a 12 de março." afirmou Fernandinho.


Sr.Yasuda (a esq.), Odair da Honda, e Fernandinho

No Rally, a Honda conta como chefe de equipe, o supercampeão, Dário Júlio, que tem os pilotos na Moto 1 Bissinho Zavatti, Martin Duplessis, na Moto2 Gabriel Soares e na Brasil, Tiago Wernersbach.


Outra novidade é no motocross, sendo que o novo chefe de equipe será Reinaldo Almeida, que conta com os pilotos, Jetro Salazar, atual campeão da MX1, Héctor Assunção e Fred Spagnol na categoria 450cc, Luiz Felipe Filho na MX2 e Maiara Basso na categoria Feminina.


Na motovelocidade - Nova equipe satélite e categorias monomarca – Na Motovelocidade, a Honda segue investindo naformação de pilotos para o esporte. A Honda Jr Cup fará parte da programação do SuperBike Brasil pela 11ª temporada. A categoria-escola é direcionada a jovens de oito a 16 anos com a moto Honda CG 160 Titan. A Copa Pro Honda CBR 650R também irá lapidar talentos pelo quarto ano consecutivo no SuperBike Brasil. A principal novidade na Motovelocidade é a criação do time satélite da Honda Racing na SuperBike Pro, principal categoria do SuperBike Brasil. A Honda domina a classe nos últimos anos e aposta em dois pilotos que já foram campeões da Copa Pro Honda CBR 650R e correram antes na Honda Jr Cup, comprovando a eficiência do trabalho de base.


João Carneiro, atual bicampeão da Copa Pro Honda CBR 650R, defenderá a marca em sua estreia na classe SuperBike Pró. Guilherme Brito, campeão da primeira edição da Copa Pro Honda CBR 650R, em 2020, também vai acelerar a moto CBR 1000RR-R Fireblade SP pela nova equipe satélite Honda Racing. O chefe do time será Reinaldo Campos. Patrocínios esportivos – Na ocasião, a Honda anunciou quais serão os eventos esportivos patrocinados na temporada 2023. A marca segue como patrocinadora oficial do Sertões e dos campeonatos brasileiros de Enduro e de Motocross, assim como do Arena Cross e do SuperBike Brasil.


Parceiros Honda Racing – O Pro Honda, fluidos e lubrificantes, será patrocinador master das equipes Honda Racing pela quinta temporada. Seguros Honda e DID Correntes seguem em todos os times oficiais. No Motocross, a Fox e a Fly continuam como fornecedora de equipamentos. A Fly também é parceira no Rally, bem como a ASW. No Enduro, a equipe ainda conta com ASW e Borilli Racing.

Odair Dedicação Júnior, gerente de marketing da Moto Honda, explicou a importância de cada parceiro. “Temos mais de 150 profissionais envolvidos de forma direta na estrutura de competições no Brasil. Somos referência no segmento, e para isso é fundamental a parceria com os nossos patrocinadores. Todos são importantíssimos para o nosso sucesso, que venha a temporada 2023”, afirma.




Comments


PRO TORK.jpg
Capa.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page