• DirtAction

Yamaha Team - Novidades para 2020


Fábio Santos - Foto: Danyllo Proto

Como divulgamos ontem, a Yamaha Brasil realizou na quarta-feira (22/07) LIVE para apresentar as novidades nas competições. Confira a seguir detalhamento desta apresentação.


Motocross - A novidade na principal categoria, a MX1, é Fábio Santos. O tricampeão brasileiro de MX2 agora vai disputar o Brasileiro de Motocross a bordo da YZ450F, além de lutar também pelo Arena Cross Brasil. Pela idade, Fabinho ainda poderia buscar o Tetra na MX2, mas em acordo com a equipe, decidiu dar este importante passo na carreira ao subir para a categoria mais importante do campeonato.


O pentacampeão brasileiro Carlos Campano está mantido no time e, além de disputar o Brasileiro de Motocross, encara as disputas do Campeonato Espanhol. Seu companheiro Paulo Alberto fará sua segunda temporada a bordo da YZ450F e defenderá as cores da Yamaha no Brasileiro de Motocross, Campeonato Português, além de buscar o quinto título no Arena Cross Brasil. 


Novidade na MX2


Tallys Nathan, bicampeão na categoria MX2JR, segue representando o time na categoria MX2. Após um ano de 2019 marcado pela lesão que sofreu na terceira rodada do Brasileiro de Motocross, o pernambucano entra 2020 recuperado e cheio de boas expectativas.


A vaga aberta na categoria MX2 com a promoção de Fabio Santos para a MX1, agora será ocupada pelo paranaense Pepê Bueno, vice-campeão da categoria em 2018. Pepê já vinha se destacando nos últimos anos como piloto privado que havia escolhido a Yamaha, e agora realiza o sonho de estar em um time oficial da marca.

Novidade na MXF Um dos grandes anúncios antecipados nesta temporada aconteceu quando a gaúcha Maiara Basso foi apresentada como representante na categoria MXF, no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. A pentacampeã brasileira de motocross e tetracampeã brasileira de velocross vai lutar pelos títulos nas duas modalidades nesta temporada pilotando uma YZ250F da Yamaha Monster Energy Geração. De olho no futuro A Yamaha Monster Energy Geração também apresenta o jovem Vitor Hugo Borba, de 13 anos, para defender o time na categoria Júnior com sua YZ85LW. A contratação mostra a intenção da Yamaha em fomentar cada vez mais as categorias de base para que o esporte se fortaleça com novos talentos. O jovem catarinense disputará o Brasileiro de Motocross e o Catarinense de Motocross. Com um time forte e estruturado, a Yamaha Monster Energy Geração briga por títulos em cinco categorias - MX1, MX2, MX Elite, MXF e MX-JR -, para manter sua hegemonia, já que é a equipe que mais venceu no Brasileiro de Motocross na década atual. Os patrocinadores da equipe são: Monster Energy, Grupo Geração, IMS Race Wear, Yamalube, Yamaha Consórcios, bLU cRU, Polisport, Vedamotors, Pirelli, Diafrag, Durag, Foco Racing, DropMud, MotoStyle.


Rally - A temporada 2020 marca a estreia da equipe Yamaha IMS Rally Team, estruturada para buscar os títulos do Sertões 2020 e do Brasileiro de Rally Cross Country com os pilotos Túlio Malta e Ricardo Martins. Wellington Valadares, proprietário da IMS Race Wear, ex-piloto e experiente chefe de equipe, é o coordenador do projeto.


Ricardo Martins - Foto: Doni Castilho/Fotop

“É um grande e prazeroso desafio estar à frente da equipe de rally da Yamaha. Ricardo e Túlio são grandes pilotos e têm totais condições de nos trazer os títulos desejados. Espero agregar minha experiência e conhecimento para contribuir com o time Yamaha. Apesar das dificuldades impostas pela Pandemia, esperamos ter uma grande temporada”, diz Wellington Valadares.


Ricardo Martins, Bicampeão do Sertões, Bicampeão Brasileiro de Rally Cross Country, além de Campeão Brasileiro de Rally Baja, agrega sua experiência para levar o time rumo às vitórias. O catarinense migrou da equipe Yamaha Geração Rally Team, que coordenava o projeto desde 2012 e agora está com 100% do foco no motocross.


O mineiro Túlio Malta, que em 2019 já disputou a temporada a bordo de uma Yamaha, passa a integrar a equipe oficial pela primeira vez em sua carreira. Aos 32 anos, Túlio acumula títulos expressivos no Brasileiro de Rally Cross Country, e no Sertões 2018, na categoria Marathon.


Os patrocinadores da Yamaha IMS Rally Team são: IMS Race Wear, WMC Log, Polisport, Tendas El Shaddai, Yamalube, PowerMX, D'Lua Racing, BPM, Durag, Duboy Works, Vira-Latas, Rocket Escapamentos.


bLU cRU - O Programa só faz crescer. Em 2020, mesmo com todos os entraves da Pandemia de Coronavírus, a Yamaha Racing Brasil mantém o programa ativo e aumenta sua contribuição com o esporte.


No Brasileiro de Motocross, a premiação disponível bate recorde, chegando a R$ R$ 869.600,00. O número de categorias também foi ampliado. Além da MX1, MX2, MX3, MX4, MXF e MX2JR, este ano o bLU cRU premiará os pilotos das categorias 65cc e MXJR.


E, com o bLU cRU Upgrade Program, ao final do Brasileiro de Motocross poderá ser selecionado um piloto da categoria MX2 e outro da MX2JR - que terminarem o campeonato entre os cinco primeiros colocados - para fazerem parte da equipe Yamaha Monster Energy Geração em 2021.


Mas, não é só no motocross que o programa está presente. No Brasileiro de Motovelocidade/Yamalube R3 Cup, os pilotos têm suporte da Yamaha com apoio mecânico, engenheiro de telemetria, estrutura de box, pneus, combustível, transporte da moto, manutenção da moto e brindes bLU cRU, além das motos subsidiadas pela montadora para uso na temporada.


E no Brasileiro de Enduro FIM - assim como no Brasileiro de Motocross e na Yamalube R3 Cup – todos os pilotos com motocicletas Yamaha têm os benefícios oferecidos pelo Programa bLU cRU, como o subsídio na compra de peças e equipamentos com desconto de até 60%, apoio técnico aos pilotos presentes nas competições, e o Kit bLU cRU composto por camisetas, guarda-chuvas, squeeze, bonés, e mochilas.





















REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram