• DirtAction

Yamaha é campeã do Jalapão


Adrien Metger/Yamaha - Foto Gustavo Epifânio

A temporada 2020 do Rally começou com vitórias para a Yamaha IMS Rally Team. Depois de mais de 1.200 quilômetros de prova em três dias de competição no interior da Bahia, Adrien Metge foi o mais rápido e venceu o 6º Rally do Jalapão com o companheiro Ricardo Martins fechando o pódio na terceira colocação. Túlio Malta, quinto colocado na classificação Geral, foi o campeão na categoria Moto 2 (antiga Production Aberta).


Depois de vencer o segundo dia de prova, Adrien Metge largou neste terceiro e último dia tendo que descontar uma diferença de quase dois minutos para o líder, em uma especial de 163 quilômetros. O piloto da Yamaha Tirou a diferença e garantiu a primeira vitória da temporada. "Estou muito feliz em voltar ao Brasil depois de alguns anos, e voltar ganhando é muito bom. De volta ao Brasil, tive que me acostumar novamente com a planilha, que é um pouco diferente dos rallys que fiz nos últimos 5 anos. O primeiro dia usei pra me adaptar e pegar ritmo com a moto, havia andado pouco com ela ainda. Do segundo dia em diante estava melhor e consegui atacar um pouco mais, venci o segundo dia e no terceiro consegui buscar a diferença pra vencer a prova. Estou muito feliz pela equipe Yamaha IMS Rally Team, muito feliz pela equipe toda que fez um trabalho muito bom. Foram dias de muito trabalho, mas também foram dias de muitas risadas. O clima está muito bom na equipe, e isso é muito importante." afirmou Adrien.


Após liderar o ranking nos dois primeiros dias de prova, Gregório Caselani da Honda sofreu uma queda no km 10 da especial. “O tombo prejudicou a frente da moto e eu fiquei sem GPS. Mantive um bom ritmo até o final, mas acabei perdendo dois waypoints, o que gerou punição e me tirou a vitória. Estou chateado, pois vinha fazendo uma ótima prova, mas são coisas de corrida”, afirmou o piloto da Honda.


O vencedor desta terceira e última etapa foi o piloto da Honda, Tunico Maciel, com Ricardo Martins da Yamaha em segundo, Jean Azevedo da Honda em terceiro, Adrien em quarto e seu companheiro de equipe, Tulio Malta em quinto. Por não ter completado o dia anterior, Tunico estava fora da disputa, mas aproveitou para ganhar ritmo de prova. “Larguei atrás, peguei poeira e consegui imprimir velocidade. A etapa final teve terra, areia e buracos. Foi importante vencer o dia para somar pontos no Campeonato Brasileiro, estou com a cabeça erguida para os próximos desafios da temporada”, conclui Tunico.


Com vitórias nos três dias de prova, Bissinho Zavatti conquistou o título da categoria Rally Brasil, direcionada a motocicletas de fabricação nacional, no Rally Jalapão. O piloto da equipe Honda Racing também conduziu a CRF 250F até o nono lugar da classificação geral das motos, único modelo nacional diante dos produtos importados e acima de 450 cilindradas que marcaram o Top 10 da competição.


Bizzinho Zavatti/Honda - Foto Gustavo Epifânio

Disputando a categoria Moto 2 (novo nome da antiga categoria Production Aberta), o mineiro Túlio Malta da Yamaha venceu a prova consagrando-se campeão, e ainda garantiu a quinta colocação na classificação Geral. Bruno Leles foi o vice-campeão e Luciano Gomes o terceiro colocado, ambos da Yamaha.




Classificação Geral


Categoria Motos

1º) Adrien Metge – Yamaha / 8h04:18

2º) Gregório Caselani / Honda /8h06:35

3º) Ricardo Martins - Yamaha / 8h10:49

4º) Jean Azevedo / Honda / 8h14:24

5º) Túlio Malta - Yamaha / 8h34:15



Categoria Super Production 1 – #12 – ADRIEN METGE – 8:04:18 2 – #2 – GREGÓRIO CASELANI – 8:06:35 3 – #3 – RICARDO MARTINS – 8:10:49 4 – #4 – JEAN AZEVEDO – 8:14:24 5 – #1 – TUNICO MACIEL – 17:11:41


Categoria Rally Brasil 1 – #11 – BISSINHO ZAVATTI – 9:14:05 2 – #22 – ANDRE BEZERRA – 10:13:27 3 – #41 – LEONARDO MARTINS – 10:26:57 4 – #26 – YPIRANGA CORTEZ JR – 11:34:29 5 – #35 – FRANCISCO PITOMBEIRA – 29:47:01






REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram