• DirtAction

Tunico Maciel conquista bicampeonato Brasileiro de Rally Cross Country


O mineiro Tunico Maciel conquistou nesta sexta-feira (6/11) o bicampeonato geral das motos no Brasileiro de Rally Cross Country, novamente com a CRF 450RX. O desempenho também rendeu ao piloto da equipe Honda Racing a taça inédita da categoria Moto 1, antiga Super Production. A confirmação veio com o cancelamento da sexta etapa do Sertões, válido como decisão da competição nacional da modalidade na temporada 2020, por conta das condições de segurança em função do mau tempo. 

“É bom demais garantir o bicampeonato da geral e estrear na Moto 1 sendo o campeão brasileiro. Foi um ano complicado, por conta de todas as dificuldades em função da pandemia, e conquistei bons resultados durante toda a temporada - o que rendeu os títulos. É uma grande honra continuar com o numeral 1 na minha moto CRF 450RX”, declara Maciel, em Bacabal, Maranhão, local da Bolha 6 do roteiro do Sertões 2020. 

No maior rali das Américas, o piloto está na briga pelo terceiro título consecutivo das motos, em segundo lugar da classificação geral. O cancelamento da sexta etapa atrapalhou os planos de recuperação de Maciel, mas ainda há chances de descontar os 4min30seg de vantagem do atual líder, Ricardo Martins, na sétima e última etapa. O percurso do último dia do Sertões 2020 será cumprido neste sábado, com 515 quilômetros (223 de trechos cronometrados) até a chegada em Barreirinhas, Maranhão. 

“Diminuir o número de trechos contra o relógio dificulta para eu buscar a diferença, mas enquanto houver corrida eu não desisto. Tudo pode acontecer até a linha de chegada, estou concentrado e preparado para fazer a minha parte”, avisa Maciel. 

A equipe Honda Racing está na briga direta por mais títulos no Sertões com os pilotos Bissinho Zavatti e Thiago Veloso, líderes das classes Moto 2 (antiga Production Aberta) e Brasil, exclusiva para produtos de fabricação nacional, respectivamente. Zavatti também compete com a moto CRF 450RX, enquanto o estreante Veloso venceu todas as etapas da Brasil até o momento com a CRF 250F.   

O Sertões 2020 conta com cerca de 4.400 quilômetros no total, sendo aproximadamente 1.300 de especiais, que também incluem passagem pelo Distrito Federal e pelos estados de Goiás e Tocantins. A prova teve início no dia 31 de outubro, partindo de Mogi Guaçu (SP).

A equipe Honda Racing de Rally é patrocinada por Pro Honda, ASW, Alpinestars, DID, Michelin e Seguros Honda.

Resultados – Sertões 2020 

Classificação – Geral Motos 1 – #3 – Ricardo Martins – 17:16:19 2 – #1 – Tunico Maciel – 17:20:50 – Honda CRF 450RX 3 – #11 – Bissinho Zavatti – 17:27:10 – Honda CRF 450RX 4 – #72 – Vitor Siqueira – 17:36:03 5 – #5 – Tulio Malta – 17:37:11 10 – #58 – Thiago Veloso – 18:11:27 – Honda CRF 250F

Classificação – Moto 1 (antiga Super Production) 1 – #3 – Ricardo Martins – 17:16:19 2 – #1 – Tunico Maciel – 17:20:50 – Honda CRF 450RX 3 – #51 – Francisco Oliveira – 18:46:42 4 – #56 – Alberto Cunha – 20:25:26 5 – #46 – André Gualhardo – 20:36:11

Classificação – Moto 2 (antiga Production Aberta) 1 – #11 – Bissinho Zavatti – 17:27:10 – Honda CRF 450RX 2 – #5 – Tulio Malta – 17:37:11 3 – #8 – Bruno Leles – 17:52:44 4 – #10 – Luciano Gomes – 18:00:32 5 – #75 – Emerson Loth – 18:02:46

Classificação – Brasil 1 – #58 – Thiago Veloso – 18:11:27 – Honda CRF 250F 2 – #33 – Rafael Espindola – 18:42:08 – Honda CRF 250F 3 – #28 – André Bezerra – 18:53:46 – Honda XRE 300 4 – #50 – Francisco Pitombeira – 19:49:17 – Honda XRE 300 5 – #70 – Adão Lemos – 20:12:18 – Honda CRF 250F

Roteiro do Sertões 2020*

7/11/2020 – sábado 7ª etapa – Bolha 6 / MA a Barreirinhas (MA) Deslocamento inicial: 258 km Trecho especial: 223 km Deslocamento final: 34 km Total: 515 km

A organização do Sertões promete deixar a melhor especial para o final. Com prova na areia, a navegação fará toda a diferença. Após um começo travado em piçarras, o trecho fica arenoso à medida que cruza pequenos riachos, os quais estarão secos na época da prova. Após o abastecimento, praticamente na metade da especial, as dificuldades serão extremas por conta da areia e da parte final com navegação por GPS em dunas. Com muitos way points a serem cobertos, qualquer erro pode ser fatal. O final em Barreirinhas promete ser apoteótico, a imagem a ser gravada nas memórias dos participantes. Chegar ao final do Sertões 2020 já será uma grande vitória. 

TOTAL DO PERCURSO: 4.426 km  TOTAL DE ESPECIAIS: 1.342 km







REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram