top of page

Top Bike - Yamaha YZ 250FM - Jago Geerts


A temporada passada do Mundial de Motocross trouxe uma batalha inesquecível entre o piloto francês da KTM, Tom Vialle, e o belga da Yamaha, Jago Geerts. Eles passaram o ano se alternando na liderança do campeonato, chegaram na etapa final com uma diferença mínima entre eles e a decisão aconteceu na última bateria, quando ambos caíram. No fim, melhor para Vialle, que conquistou o título da temporada, o seu segundo. Para Geerts, mais uma temporada como vice-campeão. Mas isso virou passado e o belga é o mais forte candidato ao título desta nova temporada, e já mostrou isso nas primeiras etapas do campeonato.


Mas o destino o afastou do Mundial, depois da forte queda no GP da França, onde fraturou o punho esquerdo, tendo que realizar uma cirurgia. Mas em pouco tempo ele retornou, e no GP da Alemanha se fez presente novamente, ainda sonhando com o título da temporada.



Ele tem em suas mãos uma das motocicletas mais vencedoras da categoria, a Yamaha YZ250FM, campeã da temporada 2021 com o francês Maxime Renaux. Nos próximos parágrafos, apresentamos alguns detalhes da Yamaha de Geerts, lembrando que no Mundial existe maior liberdade de preparação das motocicletas, do chassi ao motor, o que as tornam protótipos. Vamos analisar o que esta Yamaha oferece ao seu piloto.


A partir de 2020, a equipe Monster Energy Yamaha Factory MX2 tem usado a versão de trabalho do comprovado modelo original da Yamaha, e o modelo racing recebe a nomenclatura YZ250FM, que estabelece o padrão para motos de motocross de quatro tempos de 250cc. A Yamaha Racing informa que vem construindo a moto com o objetivo de oferecer potência ampla do motor de quatro tempos, mantendo a forma mais leve e mais maneável das motos menores de 125 cc.


Vale lembrar que este modelo com motor de dois tempos viveu tempos emocionantes na categoria MX2, como a temporada de 2005, quando Antonio Cairoli, Andrew McFarlane e Alessio Chiodi, todos pilotos da marca, ficaram respectivamente em primeiro, segundo e terceiro lugares no Mundial, demonstrando a força da motocicleta. Com mais de uma década e meia de experiência em corridas no mundo real e uma filosofia de engenharia em constante evolução por trás, uma nova geração da YZ-F foi lançada em 2018, com um motor com partida elétrica. Não só isso, o modelo foi revisado, tornando-se mais estreito e compacto, e oferecendo estabilidade e controle extras sobre terrenos acidentados, o que tornou a frenagem e a tração ainda melhores. A entrega de potência ficou mais linear, o que significou que havia uma entrega suave de potência e aceleração otimizada.



Para chegar ao melhor resultado, a Yamaha Racing trabalhou intensamente para tornar o modelo original em uma verdadeira máquina vencedora. A começar pelo chassi, que segundo a marca recebeu algumas alterações para oferecer melhor posicionamento para Geerts, alterando o subchassi e a posição das pedaleiras, além de reforços para torná-lo mais resistente e ao mesmo tempo mais funcional, inclusive para fixar o amortecedor traseiro, alterando seu comportamento, apesar do departamento de competições da marca manter o material utilizado no chassi e subchassi, o alumínio.


Além da parte ciclística, o motor recebeu muita atenção da equipe. Considerado um dos fortes da categoria, o propulsor recebe tratamento especial da GYTR, departamento de competições da Yamaha: tampas de magnésio, válvulas, pistão/anéis (Vertex), biela e câmbio com especificações superiores e mais justos, para um funcionamento mais preciso, além da embreagem hidráulica (o modelo original ainda mantém o sistema por cabo) com sistema da marca Hinson, tornando todo o conjunto mais eficiente e resistente. Além de peças especiais, o motor foi todo preparado pela GYTR, visando respostas mais rápidas e precisas e casando com o sistema de escapamento da renomada Akropovic, todo em titânio.



O sistema de refrigeração recebeu radiadores maiores e mais resistentes a danos, além de bomba d'água e mangueiras novas, oferecendo máxima refrigeração. A caixa de filtro de ar também foi alterada e recebeu nova tampa e filtro especial da marca Twin Air.


O sistema de injeção e a ECU foram alterados visando melhores respostas do acelerador e oferecem inúmeros ajustes que variam conforme o circuito.


A suspensão foi totalmente alterada. A YZ250FM recebe garfo e amortecedor da Kayaba, de fábrica (sob demanda), com inúmeras peças feitas com materiais especiais, para melhor funcionamento e durabilidade. Tratamento (banho) especial receberam os tubos inferiores das bengalas e haste do amortecedor, para funcionamento mais eficiente (menos atrito e geração de calor) e maior resistência. Renaux busca um sistema suave e ao mesmo tempo mais firme.


Quanto ao sistema de frenagem, apesar de manter os mesmos cilindros mestres na dianteira e na traseira, as peças internas foram substituídas por algumas do sistema da Braking, que também forneceu os discos dianteiro e traseiro, sendo que o dianteiro apresenta maior diâmetro, 270 mm, e ambos com design diferenciado do original e maior região de contato com as pastilhas.



Itens específicos também foram substituídos, e a lista não pequena. Dentre as mudanças: pedaleiras de titânio e com desenho especial; mesas usinadas (CNC) da XTrig, modelo Rocs, aliviadas, ainda mais resistentes e permitindo alteração na geometria, para se adequar ao estilo de condução do piloto belga; aros Excel anodizados (em azul, como no modelo original) e mais resistentes, assim como os raios e niples; cubos da Kite, usinados (CNC) e mais resistentes; protetores do motor e da pinça do freio traseiro em fibra de carbono; e, finalmente, corrente e pinhão da Renthal e corrente da RK.


Claro que alguns itens e especificações de uma motocicleta de fábrica são mantidos em segredo. De qualquer forma, Geerts tem em suas mãos uma motocicleta que podemos considerar praticamente perfeita, que acabou conquistando o título de campeã em 2021 e vice na temporada passada.



.


























Comments


PRO TORK.jpg
Capa.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page