top of page

Six Days - Sem mudanças no 3o. dia, com Estados Unidos liderando e Brasil na 10a. posição


Bruno Crivilin/Honda - Foto Alberto Barbosa/Mundopress

Terceiro dia do Six Days na Argentina e outra vitória na geral do piloto espanhol Josep Garcia (KTM), com o italiano Andrea Verona (GasGas) em segundo, Samuele Bernardini (Honda) em terceiro, os americanos Taylor Robert (KTM) e Cole Martinez (Honda) nas quarta e quinto posições. O brasileiro Bruno Crivilin (Honda) ficou na 26a. posição no dia, com os companheiros, Rômulo Bottrel na 54a. e Vinicius Calafati na 61a. Bárbara Neves (Honda) mantinha a terceira posição na Feminina.


Na classificação geral, os Estados Unidos continua liderando, com a Itália em segundo e a Espanha em terceiro, e o Brasil vinha na 10a. posição. A nota triste da etapa foi a morte do piloto holandês Albert Poss, ele era era membro da Selling/Blömer/Pos Club Team, competindo na categoria Club Team Award.


No quarto dia de disputas do ISDE, nesta quinta-feira (9/11), os pilotos voltam a encarar o percurso deste terceiro dia. A tradicional prova possui 110 anos de história e será definida neste sábado (11/11). A equipe Honda Racing de Enduro é patrocinada por Pro Honda, DID, ASW, Borilli Racing, NGK e Honda Seguros.


Josep Garcia/KTM - Foto Future7media

Bruno Crivilin (motocicleta Honda CRF 250RX) – “Chegamos na metade, terceiro dia finalizado. Comecei o dia bem, forte, atacando um pouco mais, mais confiante e mais descansado em cima da moto também. Acho que no terceiro dia o corpo vai se acostumando com o cansaço acumulado. Foi uma pena eu ter caído nas duas últimas especiais, machuquei um pouco o braço, mas estou feliz de estar inteiro e pronto para a próxima. Vamos que ainda faltam três dias”.


Vinicius Calafati (Honda CRF 250RX) – “Andei mais tranquilo hoje, pouco a pouco estou me soltando, me encaixando melhor na prova. Comecei a me divertir mais e fiquei feliz. Consegui fluir nos deslocamentos, sem fazer muita força, e melhorar um pouquinho nas especiais. Quero seguir evoluindo até o sexto dia”.


Vinicius Calafati/Honda - Foto Alberto barbosa/Mundopress

Rômulo Bottrel (Honda CRF 450RX) – “Fiz a escolha certa de manter a calma nos primeiros dias e agora senti meu corpo muito bom, consegui atacar como eu queria. Terminei o dia bem e a moto está 100%, com pneus trocados. Gostei das especiais. Eu acho que vou poder atacar e acelerar bastante neste quarto dia”.


Rômulo Bottreli/Honda - Foto Alberto barbosa/Mundopress

Bárbara Neves (Honda CRF 250F) – “Chegamos na metade da prova e o dia foi duro. O deslocamento tinha bastante pedra e as especiais também. Foi uma prova totalmente diferente dos primeiros dias, as minhas companheiras de equipe precisaram de ajuda durante o deslocamento, então fiz a prova toda trabalhando em equipe com elas, para que todas chegassem, porque estamos bem colocadas com a Seleção Latino-Americana. Trabalhamos juntas e deu tudo certo. Estou bem cansada fisicamente, foi desgastante, mas vamos descansar e acelerar no quarto dia”.



Bárbara Neves/Honda - Foto Alberto Barbosa/Mundopress



































Kommentarer


PRO TORK.jpg
Capa.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page