• DirtAction

Sertões - Tunico e a dupla Varela e Bortolanza vencem 5a. etapa


Tunico Maciel/Honda - Foto Marcelo Maragni/Mundo Press

O mineiro Tunico Maciel da Honda foi o mais rápido das motos na quinta etapa do Sertões 2020, entre Palmas, local da Bolha 4, no Tocantins, até a Bolha 5, em Carolina, Maranhão. Foram percorridos 610 quilômetros – 227 deles de especiais (trechos cronometrados). Com o desempenho, obtido nesta quinta-feira (5/11), o piloto da equipe Honda Racing diminuiu a diferença para o atual líder da classificação geral e da categoria Moto 1, Ricardo Martins da Yamaha IMS Rally, para apenas 4min30seg. Ricardo ficou em segundo nesta etapa, seguido por Vitor Siqueira, Bruno Leles e Bissinho Zavatti.


“Foi uma especial diferente, logo na largada vimos que muitas marcas no chão indicavam que havia chovido bastante. Teve muita poça d´água, pontos sinuosos e trechos bem rápidos, bons de acelerar. Temos mais dois dias de disputas, há muito rali pela frente ainda. Eu não vou desistir de brigar pelo título até o final, só em Barreirinhas que eu vou parar de acelerar.”, resume Tunico. Seu companheiro de equipe, o paulista Jean Azevedo, sete vezes campeão do Sertões, teve problemas e não completou a etapa. 


Os pilotos da equipe estreante da Pro Tork, Rami Sfredo e Emerson Loth finalizaram a prova na 12a. e 13a. posições. Na classificação geral, Emerson se mantém na oitava posição e Sfredo na nona.


Classificação após a 5ª etapa – Geral Motos

1 – #3 – Ricardo Martins/Yamaha – 17:16:19

2 – #1 – Tunico Maciel/Honda – 17:20:50

3 – #11 – Bissinho Zavatti/Honda – 17:27:10

4 – #72 – Vitor Siqueira/KTM – 17:36:03

5 – #5 – Tulio Malta/Yamaha – 17:37:11


Bruno Varela e Gustavo Bortolonza venceram esta etapa na categoria UTV, com Denisio Casarini e Ivo Mayer em segundo,

Rodrigo varela e Gunnar Dums em terceiro, sendo que Rodrigo e Gunnar mantém a liderança com uma vantagem de quase 5 minutos sobre Denisio e Ivo.


Bruno Varela/Gusrtavo Bortolonza- (José Mario Dias/Fotop

Roteiro restante


6/11/2020 - sexta-feira

6ª etapa - Bolha 5 / MA a Bolha 6 / MA Deslocamento inicial: 128 km Trecho especial: 300 km Deslocamento final: 313 km Total: 741 km

A especial já começa com belas paisagens, por estradas de médias velocidades que vão ficando cada vez mais estreitas e travadas. A partir da metade, o trajeto fica mais rápido, com lombas e depressões. Haverá dois trechos com retas muito longas, de altíssimas velocidades, em terreno de piçarra. No final, será preciso mais atenção para completar a especial em trechos arenosos. 

7/11/2020 - sábado 7ª etapa - Bolha 6 / MA a Barreirinhas (MA) Deslocamento inicial: 258 km Trecho especial: 223 km Deslocamento final: 34 km Total: 515 km

A organização do Sertões promete deixar a melhor especial para o final. Com prova na areia, a navegação fará toda a diferença. Após um começo travado em piçarras, o trecho fica arenoso à medida que cruza pequenos riachos, os quais estarão secos na época da prova. Após o abastecimento, praticamente na metade da especial, as dificuldades serão extremas por conta da areia e da parte final com navegação por GPS em dunas. Com muitos way points a serem cobertos, qualquer erro pode ser fatal. O final em Barreirinhas promete ser apoteótico, a imagem a ser gravada nas memórias dos participantes. Chegar ao final do Sertões 2020 já será uma grande vitória. 

TOTAL DO PERCURSO: 4.567 km  TOTAL DE ESPECIAIS: 1.642 km

* O roteiro é fornecido pela organização do evento e está sujeito a alterações. 






REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram