• DirtAction

Rally Jalapão - Metge vence novamente e Bruno Pelizari é campeão na Geral Motos


Adrien Metge/Yamaha IMS - Crédtio Claudiney Sandro/Yamaha

O percurso da quarta e última etapa do Rally Jalapão teve início em São Félix (TO) e contou com 469,93 km (212,40 deles de especiais). O piloto da Yamaha IMS, Adrien Metge venceu pela terceira vez consecutiva na categoria Motos, seguido por Gabriel Bruning, Ricardo Martins da Yamaha, Bissinho Zavatti da Honda e Túlio Malta da Yamaha.


Com este resultado, o campeão do Jalapão na categoria Geral Motos foi Bruno Pelizari, com Metge em segundo e Bissinho em terceiro. Na categoria Moto 1 primeiro lugar para Metge nesta última etapa, sendo que ele venceu a categoria. Na Moto 2 vitória de Bissinho nesta final, que também garantiu o título da categoria. Tiago Wernersbach da Honda venceu esta quarta etapa na categoria Brasil, conquistando o título do Jalapão.


Bissinho Zavatti/Honda - Crédito: Vinicius Branca/Mundo Press

O último dia do Sertões Series Jalapão 2021 na categoria UTV, consagrou a equipe Rato Racing, com o piloto Fabio Ruediger e o navegador Eduardo Bampi, com o tempo de 11h16min15seg, a campeã da competição. O navegador campeão mundial Gustavo Gugelmin, patrocinado pela Can-Am, é um dos apoiadores da equipe. “Estamos muito felizes com o resultado do Sertões Series Jalapão. Esse é o nosso primeiro título pela Rato Racing. Depois de 8 anos correndo competições mundiais e da experiência adquirida com o Reinaldo Varela, criei uma equipe de alto nível para disputar grandes competições. Temos quatro pilotos na Rato Racing e comemoraremos muito nossa performance nessa competição”, comenta Gustavo Gugelmin.


A dupla Tomas Luza e Robson Schuinka ficaram com o segundo lugar nesta última etapa do Jalapão, com Fabio Ruediger e Eduardo Bampi em terceiro. Na classificaçã geral, Cristiano Batista e Robledo Nicoletti foram os vice-campeões da categoria. com Tomas e Robson em terceiro.

Equipe Rato Racing, campeã do Sertões Series Jalapão 2021/ Foto: Sanderson Pereira

Resultados 4ª etapa (extraoficiais) Geral Motos 1º Adrien Metge #4 – 01:33:12.0 2º Gabriel Bruning #35 – 01:36:36.3 3º Ricardo Martins #2 – 01:37:23.7 4º Bissinho Zavatti #6 - 01:37:35.7 5º Tulio Malta #5 – 01:37:41.8 Categoria Moto 1 1º Adrien Metge #4 – 01:33:12.0 2º Ricardo Martins #2 – 01:37:23.7 3º Jean Azevedo #3 – 01:38:26.1 4º Gregorio Caselani #7 – 01:46:25.3 5º Rodrigo Sallum #23 – 06:45:00.0 Categoria Moto 2 1º Bissinho Zavatti #6 – 01:37:35.7 2º Tulio Malta #5 – 01:37:41.8 3º Guilherme Bissoto #22 – 01:38:56.1 4º Vitor Siqueira #10 – 01:40:35.5 5º Bruno Leles #8 – 01:41:15.3

Categoria Brasil 1º Tiago Wernersbach #31 – 01:47:31.6 2º Thiago Veloso #25 – 01:49:24.8 3º Augusto Sartori #33 – 02:11:01.2 4º Adão Lemos #36 – 02:17:13.9


UTV

  1. Vinicius Castro e Adelmo Lins – Can-Am – 01:38:29

  2. Tomas Luza e Robson Schuinka – Can-Am - + 1:25 min

  3. Fabio Ruediger e Eduardo Bampi – Can-Am - +1:42 min

  4. João Franciosi e Cesar Valandro - Can-Am - + 2:14 min

  5. Fabio Pirondi e Marcelo Ritter - Can-Am - + 2:34 min

Classificação final

Geral Motos 1º Bruno Pelizari #32 – 11:11:48.7 2º Adrien Metge #4 – 11:14:14.4 3º Bissinho Zavatti #6 – 11:16:38.8 4º Vitor Siqueira #10 – 11:29:51.8 5º Gabriel Bruning #35 – 11:34:14.1 Categoria Moto 1 1º Adrien Metge #4 – 11:14:14.4 2º Ricardo Martins #2 – 11:37:46.2 3º Gregorio Caselani #7 - 11:51:52.6 4º Jean Azevedo #3 - 12:01:41.2 5º Rodrigo Sallum #23 – 17:51:01.7 Categoria Moto 2 1º Bissinho Zavatti #6 – 11:16:38.8 2º Vitor Siqueira #10 – 11:29:51.8 3º Tulio Malta #5 – 11:37:50.3 4º Guilherme Bissoto #22 – 14:29:07.1 5º Bruno Leles #8 – 14:31:28.1


Categoria Brasil 1º Tiago Wernersbach #31 – 12:01:07.8 2º Thiago Veloso #25 – 12:07:00.9 3º Augusto Sartori #33 – 13:37:36.3 4º Adão Lemos #36 – 15:12:25.5


UTV

  1. Fabio Ruediger e Eduardo Bampi – Can-Am - + 11h16min15seg

  2. Cristiano Batista e Robledo Nicoletti – Can-Am - + 00:10min

  3. Tomas Luza e Robson Schuinka - Can-AM - + 05:54 min

  4. Gabriel Varela e Felipe Bianchini – Can-Am – + 09:34 min

  5. João Franciosi e Cesar Valandro – Can-Am - + 10:52 min