top of page

Race Test - KTM 450 SX-F Factory Brasil



A KTM Brasil apresentou uma novidade para o mercado nacional neste início de temporada, a 450 SX-F Factory Brasil, modelo nacionalizado de edição limitada que oferece acessórios especiais e exclusivos. Mundialmente, a marca comercializa há alguns anos a linha Factory Edition, que apresenta inúmeros itens especiais, similares aos encontrados nos modelos utilizados pelas equipes oficiais. A nossa versão não é tão requintada, mas apresenta itens que normalmente qualquer piloto deseja ter em sua motocicleta, como silencioso especial, gráfico exclusivo e protetores de chassi, entre outros, tendo como plataforma a vencedora 450 SX-F.


“A KTM 450 SX-F Factory Brasil é a personificação dessa filosofia. Além de já ter tudo de excepcional, adicionamos acessórios e a disponibilizaremos ao público brasileiro em uma condição bastante atrativa”, disse Fábio Campos, diretor da Factory KTM.


A marca promoveu uma grande renovação na sua linha de motocross em 2023, renovando totalmente seus modelos, e a 450 SX-F apresentou novo chassi, com a rigidez visando maior conforto do piloto; novo subquadro, com maior durabilidade, e novo braço oscilante, com peso reduzido e mais rígido. O motor redesenhado apresenta 2 graus para trás, para melhor desempenho e centralização de massa, e com maior taxa de compressão. Além de novo sistema quickshift, que permite mudanças de marcha sem uso da embreagem (a partir da segunda) e suspensão WP XACT com garfo atualizado e novo amortecedor traseiro. Ainda na lista de novidades: novos suportes do guidão, cubos usinados (CNC), novo botão de seleção de mapa e sistema de embreagem Brembo.



Em muitos testes, a nova motocicleta se mostrou mais ágil, fácil de se pilotar e com um grande desempenho, levando-a a vencer alguns comparativos internacionais. 




Diante de tantas qualidades, o modelo exclusivo da KTM Brasil apresenta todas essas qualidades e ainda recebeu itens exclusivos. São mais de 20 itens exclusivos: jogo de rodas Factory D.I.D., silencioso da Akrapovic, grande parceira da KTM nos campeonatos, gráfico diferenciado, protetor do disco dianteiro Factory em fibra de carbono e capa de banco da marca Selle Dalla Valle com grande grip e na cor laranja. A mesma cor encontramos na tampa de óleo, protetores de quadro, coroa Renthal, pontas dos pedais do freio e câmbio, tampas dos cilindros mestres do freio traseiro e embreagem, novo guidão Powerparts, number plates traseiros, para-lama traseiro, niples dos raios e cubos das rodas.

 



“Estamos colocando tudo de superior que um piloto usa em uma moto profissional ao alcance dos entusiastas do motocross”, enfatiza Campos. Segundo a Factory Powersports, representante da KTM no Brasil, são R$ 25.000 em acessórios da mais alta qualidade. O modelo já está disponível nas concessionárias da marca, com o preço sugerido de R$ 89.990. 



A empresa complementa que todos os acessórios do Kit Factory Brasil, assim como outros itens individuais, estão disponíveis nas concessionárias KTM e no site oficial www.factoryoriginal.com.br.



Depois da sua apresentação, chegou o momento mais esperado, o de acelerar esta novidade do mercado nacional para conhecer o seu desempenho.


COMPORTAMENTO - O responsável pelo teste deste modelo limitado para o Brasil foi o campeão do Arena Cross, Lucas Dunka, que num dia de sol se encontrou com o nosso fotógrafo colaborador Idário Café, no Centro de Treinamento Kalango Cego, em Itupeva (SP). Acompanhe a seguir o depoimento de Dunka e descubra como se comporta este modelo.


“Foi com este modelo de série que competi na temporada passada, e sei que ele é bem competitivo, com uma pilotagem ágil e grande performance. Então, sabia que este modelo específico manteria as qualidades da versão original. Lembrando que o modelo 2023 foi totalmente modificado, com chassi, sub-frame, braço oscilante, motor, sistema quickshift e plásticos novos.

 

Visualmente, a Factory Brasil apresenta detalhes únicos, como os pedais de freio e câmbio com as pontas em laranja, assim como os cubos e os protetores do chassi. O gráfico ficou simples e bonito, mantendo grande parte do original. 



De imediato, senti uma melhora na pilotagem e o guidão Factory me deu mais comodidade na condução. Senti também diferença nas manetes especiais de embreagem e freio, pois consigo ter mais precisão na frenagem e na hora de usar a embreagem.

 

O comportamento do motor mudou com o silencioso Akrapovic, melhorando o funcionamento em todas as faixas de rotações, tem mais torque, mais média e mais alta. Esse é um detalhe muito importante que vai fazer a diferença na corrida. Consegui fazer curvas mais rápido e ganhar velocidade nas retas.


O sistema de suspensão original funciona muito bem, tive que regular somente o SAG, para minha altura e peso. Depois disso, a moto estava pronta, oferecendo um comportamento perfeito na pista com grandes saltos e muitos buracos. Me senti confortável e confiante. E com certeza a capa de banco Factory tem um grip enorme e bom, contribuindo na pilotagem mais agressiva. Os demais itens melhoraram a estética da moto. Posso dizer que curti muito este modelo”, finalizou Dunka.







































Comments


PRO TORK.jpg
Capa.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page