Mundo off road - Notícias da semana



Foto Rodrigo Junior

Esta semana está sendo movimentada no mundo off road, a começar pela abertura do Brasileiro de Motocross. Depois do cancelamento da primeira etapa que aconteceria em Sorocaba (SP), finalmente o evento vai dar a largada, e neste final de semana, nos dias 14 e 15 de maio no Parque de Eventos CTG Alma Nativa, em Fagundes Varela/RS. As Classes que participarão do campeonato são ELITE MX - MX1 - MX2 - MX3 - MX4 - MX5 - MX2JR - MXJR e Nacional.

Jeremy Martin/Yamaha

Novas contratações são divulgadas no mundo do motocross, como os americanos Jeremy Martin, que vai se transferir para a equipe ClubMX/Yamaha (a mesma do piloto brasileiro Enzo Lopes), Joey Savatgy, que vai correr pela Kawasaki oficial no AMA Motocross, substituindo Adam Cianciarulo, que ainda se recupera de lesão. Outro americano em destaque é Shane McElrath, que vai competir na categoria 450cc no AMA Motocross pela equipe Husqvarna/Rockstar, com abertura marcada para o dia 28 de maio na Califórnia, no circuito de Pala.


Os brasileiros Eduardo Saçaki e Jorge Negretti comemoram aniversário nesta semana, com o "Japonês Voador" no dia 11 e hoje com o "Loirinho Maravilha". Os dois campeões brasileiros já foram companheiros de equipe na Yamaha/Shell. Os parabéns de toda a equipe da Dirt Action para essas duas lendas do motociclismo nacional.


Eduardo Saçaki

O piloto holandês, Kay de Wolf, da equipe Nestaan Husqvarna Factory Racing, perderá o Grande Prêmio da Sardenha, oitava rodada do Campeonato Mundial de Motocross, que acontece neste final de semana, depois de ser atingido por um motorista enquanto pedalava após um dia muito produtivo de pilotagem nesta quarta-feira, 11 de maio. Segundo nota da equipe, o motorista assumiu toda a culpa pelo incidente que deixou Wolf com uma fratura em um dos ossos do metacarpo em sua mão. De Wolf vai se afastar do mundial por um curto período e vai se esforçar para voltar o mais rápido possível.


Kay de Wolf/Husqvarna

O vice-campeão Mundial de Motocross 2021 da MXGP, o francês da Kawasaki, Romain Febvre, retornou às pistas. Depois do acidente no Paris Supercross, onde fraturou a perna, Febvre tem tido uma recuperação complicada. “Na verdade, queríamos saber o quanto minha perna doía ao andar de motocicleta e também ver como minha perna se sentia algumas horas após uma sessão de treino. Não foram sessões longas, mas foram suficientes para eu avaliar a dor e para meu médico entender como meu corpo reagiu”, afirmou o piloto. Como os exames médicos foram encorajadores, agora cabe a Romain determinar seu futuro programa de treinamento.


“Meu médico me disse que o nível de dor me guiará e cabe a mim decidir a frequência e a intensidade das sessões de treinamento na motocicleta. No momento, o plano é progredir passo a passo e determinar a evolução. É muito cedo para considerar uma data para voltar a correr; o tempo nos dirá”, acrescentou.

Roman Febvre/Kawasaki

PRO TORK.jpg
capa_dirt_319_abr22.png
capa_moto_176_abr22.png
capa_guiamoto_jan21.png
capa_bike_259_mar22.png
CAPA-GUIA-DE-BIKES-2022-ED10-B.jpg
new classic (227 px × 227 px).jpg