• DirtAction

Mundial MX Feminino - Duncan novamente campeã


A piloto da Nova Zelândia, Courtney Duncan da Kawasaki conquistou novamente o título do Mundial de Motocross Feminino. Na última etapa, realizada neste sábado (31/10) em Trentino na Itália, ele garantiu a vitória na primeira bateria, depois de uma péssima largada. Ela fez uma prova de recuperação incrível e garantiu o primeiro lugar, permitindo que na prova seguinte um quarto lugar para levantar o troféu de campeã, e ela garantiu um terceiro posto. Este é o segundo título de Duncan.


“É uma sensação incrível agora! Sonhei com esses dias quando era criança; Eu trabalhei quinze anos da minha vida por momentos como este. Este ano foi cheio de incertezas com a Covid e nossos próprios desafios. Como o acidente em Mantova quando voltei para minha motocicleta e ela estava danificada; parecia que o campeonato havia acabado em um piscar de olhos e estou muito orgulhosa de como lutamos, permanecemos positivos e confiantes para terminar no topo pelo segundo ano. Muito obrigado a toda a equipe - você não pode fazer isso sozinho! - mas nós resolvemos. Havia muita pressão em cada um de nós chegando à rodada final com os pontos tão próximos; era uma questão de o vencedor levar tudo e você tem que estar à altura da ocasião. Na verdade, fiquei mais animada com a situação. Esses são os momentos que contam; eu me levantei e me levantei hoje e é por isso que sou a campeã. Caí no início da primeira corrida, mas felizmente mais alguns caíram na curva dois; Eu nunca desisti, coloquei para trás e me concentrei em conquistar tantos lugares quanto eu pudesse. Potencialmente, ganhei alguns presentes, principalmente quando Larissa caiu na última volta, mas tenho que agradecer à minha equipe por me manter informada. Foi uma corrida tão louca que me colocou na posição certa antes da segunda corrida. Eu conhecia os pontos, então não precisava correr nenhum risco. Fiquei fora do caos e tentei manter o foco nas últimas voltas, mas não quero tirar isso das garotas da frente que estavam andando tão bem. Foi tão perto no final. Estávamos todos sob pressão sabendo que seria difícil chegar à rodada final, mas felizmente consegui a vitória na primeira corrida e isso fez a diferença. Eu só quero aproveitar essa conquista, mas com 100% de certeza que quero fazer um tri com a Kawasaki no próximo ano! “ afirmou Duncan.








Posts recentes

Ver tudo