Mundial de Enduro - Crivilin acelera na Itália


Crédito S2 Motorsport

Depois da abertura do Campeonato Mundial de Enduro, no último fim de semana em Marco de Canaveses, em Portugal, o brasileiro Bruno Crivilin já está em Edolo, na Itália, local da segunda etapa da temporada 2021. Nesta sexta-feira (25/6), o piloto Honda disputa o Super Test, a partir das 13h. Já no sábado e domingo (26 e 27/6), a largada do primeiro piloto está prevista para as 4h. Os horários são de Brasília. Esses dias têm sido bem intensos para Crivilin. “É uma rodada dupla, com um fim de semana em um país e agora em outro. Estou bastante confiante. Já corri em Edolo uma vez em 2018 e conheço um pouco a região. Na época, gostei muito da corrida. Em Portugal foi como planejado. Queria só ter tido um pouco mais de força e estar melhor fisicamente para obter um melhor resultado. É nisso que vou trabalhar para as próximas”, comenta o piloto, que acelera a motocicleta CRF 250RX.

Na classificação do campeonato, o capixaba de 24 anos ocupa a sétima colocação na categoria E1, com 18 pontos. O líder é o italiano Davide Guarneri. Na primeira etapa, o atual tricampeão brasileiro de enduro fechou os dois dias em sétimo lugar na categoria E1. Já na Enduro GP, ranking geral com os pilotos das classes que formam a elite da competição, Crivilin terminou o sábado na 21ª posição e no domingo subiu para 17º. O líder é Brad Freeman, da Grã-Bretanha.

Para a prova de Edolo, na Itália, os competidores vão encarar um percurso de 30 quilômetros, divididos em três especiais (trechos cronometrados), sendo um Cross Teste, um Enduro Teste e um Extreme Teste. Serão quatro voltas no sábado e quatro voltas no domingo. “Caminhei nas três especiais e no Super Test nesta quarta-feira (23/6). O Extreme Test é bem legal. É no meio de um rio. Não chega a entrar na água, mas cruzaremos o rio por pontes de madeira, com pedras. No Enduro Test, a maior parte é com descida, pedras e raízes, vamos usar muito freio. Por fim, o Cross Test será em gramado, com curvas fechadas”, descreve o brasileiro, medalhista de bronze em 2020 na classe J1 (para pilotos até 23 anos e com motos até 250cc).

Assim como no ano passado, para o Mundial de Enduro, Bruno Crivilin conta com patrocínio da Honda Brasil e integra a equipe S2 Motorsport, comandada pelo italiano Alex Salvini, campeão mundial da modalidade, que disputa a competição na classe E2.

Programação* 2ª etapa do Mundial de Enduro 2021 Edolo (Portugal) – Horários de Brasília

25/6 – Sexta-feira 13h – Super Teste 26/6 – Sábado 4h – Largada do primeiro piloto

27/6 – Domingo 4h – Largada do primeiro piloto *A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações. Calendário do Mundial de Enduro 2021 1ª etapa – 18 a 20 de junho – Marco de Canaveses – Portugal 2ª etapa – 25 a 27 de junho – Edolo – Itália 3ª etapa – 16 a 18 de julho – Saaremaa – Estônia 4ª etapa – 22 a 24 de julho – Skovde – Suécia 5ª etapa – 8 a 10 de outubro – Zschopau – Alemanha 6ª etapa – 15 a 17 de outubro – Langeac – França


PRO TORK.jpg
capa_dirt_321_jun22.png
capa_moto_178_jun22.png
capa_guiamoto_jan21.png
capa_bike_261_mai22.png
capa_bike_GUIA22.png
new classic (227 px × 227 px).jpg
unnamed.gif
BANNER VEDAMOTORS 321.jpg