top of page

Honda Racing lidera Elite e mais três categorias no Enduro da Independência


Bruno Crivilin, da equipe Honda Racing, líder da classe Elite no Enduro da Independência 2023. Crédito: Fabrício Macedo/Mundo Press

A equipe Honda Racing lidera a Elite e mais três categorias no Enduro da Independência 2023. Após dois dias de disputas, Bruno Crivilin é o ponteiro na principal classe, com o companheiro de time Tiago Wernersbach em terceiro da tabela. Gabriel Soares manteve a ponta na Graduado, enquanto a atual pentacampeã Bárbara Neves segue imbatível na Feminina. Na Over 35, Dário Júlio assumiu a liderança nesta quinta-feira (7/9), depois do percurso de aproximadamente 260 km entre Baependi e Barbacena, em Minas Gerais.

O segundo dia de prova conta com um desafio inédito nesses 41 anos de história do Enduro da Independência: a etapa maratona. Assim que os pilotos chegaram no Parque de Exposições, base da prova em Barbacena, tiveram 30 minutos para conduzirem as motocicletas até o Parque Fechado, onde os veículos permanecerão até 30 minutos antes da largada do terceiro dia.

Nesta sexta-feira (8/9), os pilotos seguem para Ouro Branco (MG), com mais 201,61 km de roteiro - a classe Feminina percorrerá 185,21 km. A cidade mineira também será palco da chegada da prova, neste sábado (9/9), após mais de 870 km de desafios.

Os pilotos da equipe Honda Racing que disputam o Enduro de Regularidade são patrocinados por Pro Honda, DID, Fly, ASW, Michelin, Borilli Racing, NGK e Honda Seguros. Confira a análise de cada um sobre o segundo dia de prova:

Bruno Crivilin / categoria Elite (moto CRF 250RX) – “Foi um dia um pouco mais complicado, eu abri a prova e teve bastante navegação, então vim com cautela. Mesmo assim cometi alguns erros, tanto na parte da manhã quanto na parte da tarde, mas isso é o enduro de regularidade. Espero que o terceiro dia seja um pouco mais duro e técnico com relação às trilhas, eu gosto quando tem mais dificuldades. Salvei pontos importantes, ainda temos mais dois dias de disputas e a briga está aberta. Estou na busca desse título que eu tanto sonho”.

Tiago Wernersbach / categoria Elite (moto CRF 450RX) – “Eu ganhei as disputas da manhã e fiquei em terceiro à tarde. Foi um ótimo resultado neste terceiro dia, a vitória pela manhã mostra que tenho preparo e estou na briga para ganhar o Enduro da Independência. Estou muito feliz, vamos para os últimos dois dias”.

Gabriel Soares / categoria Graduado (moto CRF 450RX) – “Foi um dia muito legal, com mais trilhas e oito horas e meia de prova. O finalzinho teve bastante navegação e consegui ir muito bem, sem nenhum erro, e estou bem feliz pela minha evolução. Agora vou seguir concentrado para os dois últimos dias”.

Dário Júlio / chefe equipe Honda Racing e piloto categoria Over 35 (moto CRF 250RX) – “A etapa maratona foi um diferencial desse ano, quando chegamos em Barbacena tivemos 30 minutos para fazer manutenção na moto, que ficará no Parque Fechado até antes da próxima largada. Então não foi igual aos outros dias, que a equipe de apoio tem a noite toda para arrumar o que for necessário. Por isso, foi um dia importante, a gente teve que ter muito cuidado e atenção durante todo o percurso para não estragar nada na moto, já que não teríamos tempo suficiente para qualquer ajuste. Todas as motos da equipe chegaram muito bem e os 30 minutos foram suficientes para limpar o filtro e só fazer mesmo o básico. As motos e os pilotos estão prontos para largar no terceiro dia”.

Bárbara Neves / categoria Feminina (moto CRF 250F) – “O dia foi tranquilo, não teve muita trilha, teve mais trechos longos em estradas de terra. Tive uma dúvida na navegação à tarde, mas deu tudo certo e foi um bom resultado. Vou seguir firme, o objetivo é vencer nesses dois últimos dias”.


41ª edição do Enduro da Independência Paraty (RJ) a Ouro Branco (MG)


Classificação após dois dias de prova (três primeiros)

Categoria Elite 1º – #7 - Bruno Crivilin – 90 pontos - Honda CRF 250RX 2º – #8 - Luciano Vasconcelos - 89 pontos 3º – #11 - Tiago Wernersbach - 87 pontos - Honda CRF 450RX

Categoria Graduado 1º – #25 - Gabriel Soares - 97 pontos - Honda CRF 450RX 2º – #15 - Leonardo Okada - 85 pontos 3º – #18 - Felipe Arantes - 79 pontos


Categoria Over 35 1º – #39 - Dário Júlio - 83 pontos - Honda CRF 250RX 2º – #269 - Dirlânio Lembeck - 81 pontos 3º – #30 - Marcos Froner - 76 pontos


Categoria Feminina 1º – #204 – Bárbara Neves - 100 pontos - Honda CRF 250F 2º – #203 – Kessia Tristão - 88 pontos 3º – #205 – Mariana Coutinho - 80 pontos Resultados – Dia 2 (três primeiros)

Categoria Elite 1º – #8 - Luciano Vasconcelos 2º – #7 - Bruno Crivilin – Honda CRF 250RX 3º – #11 - Tiago Wernersbach - Honda CRF 450RX

Categoria Graduado 1º – #25 - Gabriel Soares - Honda CRF 450RX 2º – #18 – Felipe Arantes 3º – #15 - Leonardo Okada


Categoria Over 35 1º - #271 - Vinicius Moraes 2º – #39 - Dário Júlio - Honda CRF 250RX 3º – #37 – Roberto de Paula


Categoria Feminina 1º – #204 – Bárbara Neves – Honda CRF 250F 2º – #203 – Kessia Tristão 3º – #205 – Mariana Coutinho


Programação*

8/9 – Sexta-feira 3º dia – Barbacena (MG) a Ouro Branco (MG) – 201,61 km (185,21 km para a classe Feminina) 6h30 – Largada do primeiro piloto – Parque de Exposições – Barbacena (MG) 13h15 – Chegada dos pilotos – Calçadão – Parque da Cidade – Ouro Branco (MG) 19h – Divulgação dos resultados


9/9 – Sábado 4º dia – Ouro Branco (MG) a Ouro Branco (MG) – 123,82 km (124,65 km para a classe Feminina) 7h – Largada do primeiro piloto – Parque de Eventos – Ouro Branco (MG) 11h57 – Chegada dos pilotos – Parque da Cidade – Ouro Branco (MG) 17h – Premiação – Parque da Cidade – Ouro Branco (MG)

Percurso total: 876,56 km (861,18 km para a classe Feminina)

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.








.


























Comentarios


PRO TORK.jpg
CAPA 344.jpg
capa_bike_273_mai23.png
capa_bike_GUIA23.png
POST REDE SOCIAL.png
BANNER MICHELIN JAN24.jpg
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page