top of page

Honda Racing busca 11º título das motos no Sertões


Legenda: Equipe Honda Racing realiza coletiva de imprensa no Centro Educacional de Trânsito Honda em Recife (PE). Crédito: Caio Mattos

A Honda Racing está em contagem regressiva para o Sertões 2023, que tem início no dia 11 de agosto, em Petrolina (PE). De olho no 11º título, a equipe é a que mais venceu entre as motos e quer ampliar o domínio no principal rally do país. O desafio será formado por oito etapas, com chegada na Praia do Preá, em Cruz (CE), no dia 19 de agosto, e percurso total de aproximadamente 3.800 quilômetros – cerca de 2.000 deles de especiais (trechos cronometrados).


Sob o comando de Dário Júlio, a equipe defende o título geral das motos com o piloto Bissinho Zavatti. O paulista, tricampeão da Moto 2, vai estrear na categoria Moto 1. Ambos participaram nesta terça-feira (1/8) de uma coletiva de imprensa no Centro Educacional de Trânsito Honda em Recife (PE).


Já o companheiro de time Martin Duplessis, da Argentina, é o atual campeão da Moto 1 (no ano passado, ainda foi o segundo colocado da geral). Gabriel Soares, atual vice-campeão da Moto 2, está de olho na taça inédita. Os três competem com as motocicletas Honda CRF 450RX. Na classe Brasil, com a CRF 250F, Tiago Wernersbach busca o tricampeonato entre as motos de fabricação nacional.


A Honda é patrocinadora oficial do Sertões pelo 12º ano consecutivo. Além da equipe Honda Racing na briga direta por títulos, a marca organiza a Expedição Sertões 2023 do Honda RedRider, com motos CRF 1100L Africa Twin, para explorar o turismo da região onde a prova vai passar.


A equipe Honda Racing de Rally é patrocinada por Pro Honda, DID, Fly, NGK e Honda Seguros. Confira as expectativas para o 31º Sertões:


Dário Júlio (chefe de equipe Honda Racing) – “Todos da Honda Racing estamos com uma expectativa muito boa. A equipe de apoio já trabalha junta há muitos anos, temos pilotos para ganhar a prova e motos extremamente resistentes e rápidas, as Honda CRF. A CRF 450RX é a moto campeã do Sertões, um grande trunfo nosso. A CRF 250F tem sido imbatível dentro da categoria Brasil (para motos nacionais) e sempre ganha destaque na classificação geral. Por tudo isso, estamos confiantes e com a equipe unida para manter o número 1 com a Honda Racing”.


Bissinho Zavatti (categoria Moto 1 / Honda CRF 450 RX) – “As expectativas são ótimas. Analisando as especiais, a gente andou ali na região de Petrolina e Xique-Xique, serão etapas bem duras. Vai ser preciso ter bastante foco, porque haverá muita navegação e areia pesada no caminho. O objetivo é defender o título das motos, eu me preparei muito bem para isso. Estou pronto e tranquilo, com muito foco, agora é hora de me concentrar para fazer uma grande prova novamente e sair com o título”.


Martin Duplessis (categoria Moto 1 / Honda CRF 450 RX) – “Estamos perto do Sertões e eu treinei muito para fazer uma grande corrida, estou focado nisso. Vai ser uma prova muito dura. Teremos pedra, areia e muitos outros desafios, então serão etapas difíceis. Estou bem fisicamente, espero sempre ter um lugar entre os primeiros colocados e buscar vitórias. Este é meu segundo ano no Sertões, essa experiência certamente vai ajudar”.


Gabriel Soares (categoria Moto 2 / Honda CRF 450 RX) – “Esta será a minha segunda temporada no Sertões, no ano passado fui com a cabeça de aprender mais sobre o rally e tive um ótimo resultado com o vice-campeonato da Moto 2. Agora é tudo diferente, estou mais preparado e com o foco na performance, para buscar a vitória. Estou muito feliz de participar do Sertões, essa edição terá oito dias de prova e acredito que eu posso entrar um pouco mais agressivo. A equipe está 100% e eu cada dia mais adaptado com as motos de rally, espero trazer um grande resultado para a Honda Racing”.


Tiago Wernersbach (categoria Brasil / Honda CRF 250F) – “As expectativas são as melhores. Esse ano vamos ter pilotos e motos diferentes competindo na categoria Brasil e eu estou bem focado no objetivo de ganhar. Essa sempre é a minha meta em todas as etapas. Graças a minha equipe e a nossa dedicação, consegui ser campeão do Sertões em 2021 e 2022. Esse é o meu terceiro ano na prova, estou indo mais experiente, com mais técnica e habilidade na planilha. Estou confiante e espero que seja mais um ano de vitória”.


Roteiro* Sertões 2023

11/8 (sexta-feira) – Prólogo

Petrolina (PE)


12/8 (sábado) – 1ª etapa Petrolina (PE) / Petrolina (PE)

Deslocamento inicial – 185 km Especial – 375 km Deslocamento final – 114 km Total do dia: 674 km


O Sertões 2023 começa testando o nível técnico dos competidores ao extremo. Eles precisarão mostrar as suas habilidades em diversos tipos de terrenos – incluindo areia, pedras e piçarras – e na navegação, especialmente exigente. Apesar de trechos de altas velocidades, a maior parte do caminho será travada.


13/8 (domingo) – 2ª etapa Petrolina (PE) / Petrolina (PE) Deslocamento inicial – 18 km Especial – 174 km Deslocamento final – 54 km Total do dia: 246 km


A segunda etapa traz variação de terrenos em região de caatinga, com exceção da areia, e promete ser uma amostra dos desafios que estão por vir.


14/8 (segunda-feira) – 3ª etapa – MARATONA Petrolina (PE) / Xique-Xique (BA) Deslocamento inicial – 73 km Especial – 407 km Deslocamento final – 31 km Total do dia: 511 km


A etapa será marcada pela primeira parte da maratona, formato que não permite auxílio mecânico externo aos competidores. A especial mais longa do roteiro passa por trechos muito duros com pedras e em região montanhosa. Com uma travessia de serra inédita no Sertões, os competidores irão conhecer um novo cânion. No final do dia, o acampamento em barracas será obrigatório para toda a caravana do Sertões presente em Xique-Xique.


15/8 (terça-feira) – 4ª etapa – MARATONA Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE) Deslocamento inicial – 0 km Especial – 323 km Deslocamento final – 290 km Total do dia: 613 km


Ainda sem auxílio mecânico externo, os competidores enfrentam a segunda parte da etapa maratona. A largada da especial será um show à parte para a população de Xique-Xique, que poderá acompanhar os pilotos acelerando de perto, com a devida segurança. Em seguida, os pilotos passam por uma zona de radar para entrar em um roteiro marcado por muita areia. Especial dura, difícil e extremamente técnica, com trechos travados.


16/8 (quarta-feira) – 5ª etapa Petrolina (PE) / Crato (CE) Deslocamento inicial – 66 km Especial – 212 km Deslocamento final – 215 km Total do dia: 493 km


As caraterísticas da prova mudam, com chão de piçarra, travessias de riachos e passagem por região montanhosa, onde o trajeto fica ainda mais duro. A navegação será fundamental em todos os momentos.


17/8 (quinta-feira) – 6ª etapa Crato (CE) / Sobral (CE) Deslocamento inicial – 154 km Especial – 207 km Deslocamento final – 312 km Total do dia: 673 km


A etapa promete ser uma das mais duras dos últimos tempos. Com muita pedra e terrenos acidentados em região serrana, será uma especial extremamente cansativa. O preparo físico e a habilidade dos pilotos farão a diferença.


18/8 (sexta-feira) – 7ª etapa Sobral (CE) / Cruz (CE) Deslocamento inicial – 82 km Especial – 188 km Deslocamento final – 66 km Total do dia: 336 km


Especial muito bonita e inédita no Sertões. Começa morro acima e apresenta terrenos de piçarra, pedra e trechos de areia, principalmente na parte final. A região traz paisagens totalmente diferentes das encontradas nos dias anteriores, já que a prova está a caminho do litoral pernambucano.


19/8 (sábado) – 8ª etapa Cruz (CE) / Praia do Preá, Cruz (CE) Deslocamento inicial – 51 km Especial – 140 km Deslocamento final – 57 km Total do dia: 248 km


A organização promete não aliviar para os competidores na última etapa, ao contrário dos anos anteriores. Com muita areia, piçarra e navegação por GPS, a disputa final será decisiva e pode mudar drasticamente os resultados. Os competidores ficarão surpresos com o último desafio e não podem pensar que a prova está ganha.


TOTAL DO PERCURSO: 3.793 km TOTAL DE ESPECIAIS: 2.027 km



* O roteiro é fornecido pela organização do evento e está sujeito a alterações.








.


























Comments


PRO TORK.jpg
Capa.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page