• DirtAction

Honda apresenta novo contratado para o motocross


O piloto venezuelano Anthony Rodriguez é a novidade da equipe Honda Racing para a abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross 2020, nesta semana (25 a 27/9), no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC). O evento será realizado sem a presença do público, de acordo com os novos protocolos de saúde e segurança devido à pandemia de coronavírus. 

Aos 25 anos e com muita experiência internacional, Rodriguez se junta a Jetro Salazar e Hector Assunção na categoria MX1. Já Lucas Dunka e Leonardo Souza seguem como representantes do esquadrão vermelho na MX2.

Recém-chegado ao Brasil, o venezuelano está animado para a estreia e vai acelerar a motocicleta CRF 450R. “O primeiro contato com o time foi ótimo. Estou muito feliz com essa oportunidade de fazer parte da Honda Racing Brasil, uma equipe vitoriosa e muito estruturada”, conta Rodriguez.  Ele reside nos Estados Unidos desde 2009 e foi piloto substituto da Team HRC no Mundial de Motocross em 2017, na categoria MX2. “Acredito que posso contribuir com toda minha experiência em grandes campeonatos internacionais e tenho certeza de que também vou aprender muito com todos aqui”, continua.  No Brasileiro de Motocross desde 2014, Jetro Salazar, equatoriano radicado no Peru e bicampeão brasileiro de motocross nas categorias MX1 e Elite MX, estava ansioso pela volta das competições. “Foi muito tempo esperando esse retorno. Embora a gente tenha treinado bastante, é diferente quando se tem corridas. Sinto que estou ainda mais preparado e vou defender com todas as forças o número um que vou carregar nas costas e no number plate da moto”, ressalta Salazar. 

Hector Assunção, que teve a oportunidade de participar no início do ano do AMA Supercross, nos Estados Unidos, também está feliz pela retomada das provas de motocross no Brasil. “É muito bom ver nosso esporte voltando às atividades depois desse período de recesso. As próximas semanas serão intensas, uma grande maratona, com muitas corridas e grandes desafios”, lembra o piloto paulista.

Para os catarinenses Leonardo Souza e Lucas Dunka, da MX2, que aceleram a motocicleta CRF 250R, os meses sem competições foram aproveitados da melhor forma possível com os treinamentos. “Consegui aprimorar as técnicas e considero que estou na minha melhor fase, tanto com a moto, quanto com a parte física”, destaca Souza. “Nesses dias que antecedem a etapa, estamos a mil por hora com os testes finais das motos. Foi difícil ficar sem as corridas, porque elas são nossos termômetros. Agora é focar e fazer nosso trabalho, para o qual nos preparamos muito”, finaliza Dunka.    A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Zeta

Circuit Honda - A equipe satélite Circuit Honda contará com quatro pilotos para a abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross 2020: Humberto Martin, o “Machito”, na MX1; Reginaldo Ribeiro, o “Juninho”, e Leonardo Cassarotti, na MX2; e Roosevelt Assunção, na MX3. Rafael Araújo, o “Bubinha”, integrante da MX2 e MX2JR, está em recuperação de uma lesão na mão e não disputará esta etapa.     Campeonato Brasileiro de Motocross 2020 - 1ª etapa Local: Kartódromo Beto Carrero - Penha (SC) Evento sem acesso ao público Programação* Sábado - 26/9 Treinos Livres 8h às 8h20 - MX1 8h25 às 8h45 - MX2 / MX2JR  8h50 às 9h05 - 65cc 9h10 às 9h25 - MX3 9h30 às 9h45 - 50cc 9h50 às 10h05 – MXJR 10h10 às 10h25 – MXF


Treinos Classificatórios 11h25 às 11h55 - MX1 12h às 12h30 - MX2 / MX2JR – treino de largada  12h35 às 12h50 - 65cc – treino de largada 12h55 às 13h15 - MX3 13h20 às 13h35 - 50cc – treino de largada 13h40 às 14h – MXJR 14h05 às 14h20 – MXF


Provas Oficiais 15h05 – 65cc - 15 min + 2 voltas 15h35 – MX2JR – 20 min + 2 voltas  16h15 - 50cc - 15 min  + 2 voltas 16h45 - Pódio classes: 65cc, MX2JR e 50cc 


Domingo - 27/9

Warm-Up 8h às 8h18 – MX2 - treino de largada 8h25 às 8h43 – MX1 - treino de largada 8h50 às 9h05 – MXF - treino de largada

9h10 às 9h25 – MXJR - treino de largada 9h30 às 9h45 – MX3 - treino de largada

Provas Oficiais 10h10 - MXF - 15 min  + 2 voltas 10h40 – Pódio da classe MXF 11h30 - MX2 - 30 min + 2 voltas 12h30 - MX1 - 30 min + 2 voltas  13h30 - MXJR - 20 min + 2 voltas 14h - MX3 - 20 min + 2 voltas  14h30 - Pódio classes MXJR e MX3 15h10 - Elite MX, MX1 e MX2 - 30 min + 2 voltas 15h55 - Pódio das classes Elite MX, MX1 e MX2

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.



REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram