• DirtAction

Equipe Honda Racing no Brasileiro de Motocross em Apiaí (SP)


Foto Idário Café/Mundo Press

Depois de um intervalo de mais de um mês, o Campeonato Brasileiro de Motocross 2020 realiza a terceira e a quarta etapas nos próximos dois fins de semana (21 e 22/11) e (28 e 29/11), em Apiaí (SP). A cidade localizada no Vale do Ribeira, a 300 quilômetros da capital paulista, recebe a competição no Motódromo da Fepasa. A equipe Honda Racing parte para a disputa com o time completo, com Anthony Rodriguez, líder das categorias MX1 e Elite MX; Jetro Salazar e Hector Assunção, nessas mesmas classes; e Lucas Dunka e Leonardo Souza, na MX2.

Em sua primeira temporada no Brasil, Anthony Rodriguez se adaptou rapidamente ao país, à moto CRF 450R e às provas do Brasileiro de Motocross. O venezuelano venceu logo na estreia a corrida da MX1, classe que lidera com 92 pontos. Já na segunda etapa, ele faturou a bateria da Elite MX, na qual está frente da classificação, com 45 pontos. “Estou muito empolgado para disputar uma nova corrida depois desses dias sem competição. Gosto bastante de encarar pistas diferentes e explorar os traçados. É isso que me move a encarar os desafios como piloto”, destaca Rodriguez.

Jetro Salazar, que machucou o tornozelo direito na abertura da temporada, aproveitou esse período entre as etapas para se recuperar. “Este ano tem sido muito difícil por diversas situações. A preparação das últimas semanas foi muito boa e consegui me recuperar da lesão. O objetivo é ajudar a equipe e estar preparado para a maratona de corridas que vem por aí”, lembra o bicampeão brasileiro de motocross na MX1 e Elite MX. Após duas etapas, o equatoriano está em sexto lugar na MX1 e em oitavo na Elite MX.

Quem estará de volta em Apiaí é Hector Assunção, que não participou das provas anteriores em Penha (SC) devido a uma fratura na mão direita, às vésperas do início da temporada. “O adiamento da etapa de São José (SC) aumentou um pouco o tempo para a minha recuperação. Agora estou mais preparado e pronto acelerar nas corridas”, declara o paulista, também representante do esquadrão vermelho na MX1 e Elite MX.

Já na MX2, os catarinenses Lucas Dunka e Leonardo Souza analisaram os erros das primeiras etapas e fizeram os ajustes necessários para as próximas competições. “Estamos mais preparados para encarar mais uma rodada dupla. Essas duas provas vão ser importantíssimas para definir muita coisa no campeonato. Estou me sentindo 100% fisicamente e muito bem com a moto, a CRF 250R”, diz Dunka, terceiro colocado na corrida pelo título da categoria. “A expectativa para Apiaí é boa. Consegui fazer ótimos treinos depois das etapas de Penha. Quero melhorar a minha classificação no campeonato e espero que seja um final de semana positivo para mim e toda a equipe Honda Racing”, completa Souza, que está em sexto lugar na geral da MX2.

A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Zeta. Circuit Honda - Equipe satélite, a Circuit Honda também vai para Apiaí com o time completo: Roosevelt Assunção, vice-líder da MX3; Humberto Martin, o “Machito”, sétimo na MX1 e Elite MX; Reginaldo Ribeiro, o “Juninho”, quinto colocado na MX2. Na mesma categoria, Leonardo Cassarotti é 12º. Rafael Araújo, o “Bubinha”, retorna de lesão e representa a equipe na MX2JR.

Campeonato Brasileiro de Motocross 2020 - 3ª etapa Local: Motódromo da Fepasa - Apiaí (SP)

Programação*

Sábado – 21/11

Treinos Livres 8h às 8h20 – MX1 8h25 às 8h45 – MX2 / MX2JR 8h50 às 9h05 – MX4 9h10 às 9h25 – MX5 9h30 às 9h45 – MXF 9h50 às 10h05 – MX3 10h10 às 10h25 – MXJR 10h30 às 10h45 – Nacional Pró

Treinos Classificatórios 11h45 às 12h15 – MX1 12h20 às 12h45 – MX2 12h50 às 13h05 – MX4 – treino de largada 13h10 às 13h25 – MX2JR – treino de largada 13h30 às 13h45 – MX5 – treino de largada 13h50 às 14h05 – MX3 14h10 às 14h25 – MX3 14h30 às 14h45 – MXJR 14h50 às 15h05 – Nacional Pró

Provas Oficiais 15h40 – MX4 – 15 min + 2 voltas 16h10 – MX2JR – 20 min + 2 voltas 16h50 – MX5 - 15 min + 2 voltas 17h20 – MXF - 15 min + 2 voltas 17h50 - Pódio classes: MX4, MX2JR, MX5 e MXF

Domingo - 22/11

Warm-Up 8h às 8h18 – MX2 - treino de largada 8h25 às 8h43 – MX1 - treino de largada 8h50 às 9h05 – MX3- treino de largada 9h10 às 9h25 – MXJR - treino de largada 9h30 às 9h45 – Nacional Pró - treino de largada

Provas Oficiais 10h10 – MX3 - 20 min + 2 voltas 10h40 – Pódio da classe MX3 11h40 – MX2 - 30 min + 2 voltas 12h40 – MX1 - 30 min + 2 voltas 13h40 – MXJR - 20 min + 2 voltas 14h20 – Nacional Pró - 15 min + 2 voltas 15h – Pódio das classes MXJR e Nacional Pró 15h30 – Elite MX, MX1 e MX2 - 30 min + 2 voltas 16h10 – Pódio das classes Elite MX, MX1 e MX2

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.








REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram