• DirtAction

Dakar - Price vence 3a.etapa e novo nome na liderança


Howes Skyle - Foto Julien Delfosse/DPPI

A terceira etapa aconteceu nesta terça-feira (05/01) entre Wadi Al Dawasir/Wadi Al Dawasir,um percurso de 630km com especal de 403. O vencedor desta prova foi Toby Price da KTM, com Kevin Benavides da Honda em segundo, Walkner Matthias da KTM, Howes Skyler da ABS/KTM e fechando os cinco pimeiros, Sam Sunderland da KTM oficial. O então líder da categoria, Joan Barreda da Honda teve problemas na prova e terminou na 30a.posição.


"Hoje foi um dia difícil porque largamos em primeiro abrindo a pista. Durante a primeira parte foi difícil encontrar algumas lacunas entre todas as rochas. Mais tarde na zona das dunas moles, havia muito vento e pouca visibilidade e também perdi um pouco de tempo. A partir daí, os outros pilotos me alcançaram, o grupo ficou maior e cruzamos a linha de chegada juntos." Afirmou Barreda.


Com este resultado, o novo líder da prova é o americano Howes Skyler, piloto privado da KTM, com uma vantagem de apenas 33 segundos de Benavides. Price é o quarto colocado, Barreda o oitavo e o atual campeão, Ricky Brabec da Honda, o 13o. colocado.


Categoria UTV - No meio das dunas e após centenas de saltos, a quebra de uma junta homocinética forçou o duo da equipe Monster Energy Can-Am a realizar um conserto relâmpago para substituir o kit formado pela peça e o eixo traseiro direito. Com agilidade, Varela e Justo conseguiram trocar o conjunto em menos de 15 minutos, em uma operação que demoraria cerca de 1h30 se fosse realizada em um carro normal e em uma oficina comum.

“A homocinética é onde vai conectado o eixo da roda que transfere a força do motor – ela toda a força do motor e também sofre com as batidas do carro contra o solo. Com a velocidade constante, subidas íngremes e os saltos intermináveis que fizemos hoje nas dunas durante mais de 400km da especial, ela acabou quebrando”, explica Reinaldo Varela.


Varela e o navegador Maykel Justo ainda tiveram um pneu furado, que foi trocado em pleno deserto em cerca de seis minutos – o que rendeu à dupla um atraso de aproximadamente 22 minutos em seu tempo normal, terminando o dia no 16º lugar. No acumulado da prova, a dupla está na nona colocação. A dupla vencedora foram os atuais líderes da categoria, Francisco Lopez e Juan Pablo, com Austin Jones e o brasileiro Gustavo Gugelmin em segundo.



Varela e Justo (José Mario Dias/Fotop

Provas restantes


6/1 4ª etapa: Wadi Al Dawasir/Riyadh (813km/SS: 337km)

7/1 5ª etapa: Riyadh/Buraydah (625km/SS: 419km)

8/1 6ª etapa: Buraydah/Ha'Il (655km/SS: 485km)

9/1 Descanso

10/1 7ª etapa: Ha'Il/Sakaka (SS: 371/etapa Maratona)

11/1 8ª etapa: Sakaka/Neom (709km/SS: 375km)

12/1 9ª etapa: Neom/Neom (579km/SS: 465km)

13/1 10ª etapa: Neom/AlUla (583km/SS: 342km)

14/1 11ª etapa: AlUla/Yanbu (557km/SS: 511km)

15/1 12ª etapa: Yanbu/Jeddah (452km/SS: 225km)