• DirtAction

Dakar - Dia de descanso mas o trabalho continua


A Monster Energy Honda Team tira partido de um merecido dia de descanso no Dakar 2021, não só para recuperar o fôlego e recarregar as baterias, mas também para fazer os preparativos finais necessários para a segunda semana decisiva de corridas.


Os mecânicos prestaram um serviço metódico a cada uma das Honda CRF450 dos pilotos. A manutenção diária envolve uma revisão completa de cada elemento de cada motocicleta, para garantir o máximo desempenho nas próximas etapas. Os pilotos, por sua vez, também se preparam para a Etapa Maratona(onde os pilotos não podem contar com os trabalhos dos mecânicos e devem fazer eles próprios a manutenção da moto) que se realiza a partir de amanhã. Antes que o turno duplo comece, eles precisarão verificar, não apenas suas roupas e proteção, mas também todas as ferramentas necessárias caso algum imprevisto aconteça no palco que irá viajar, primeiro para Sakaka e depois para Neom. Além disso, eles precisarão de um saco de dormir, roupas quentes e um travesseiro para passar a noite no acampamento Sakaka.


A equipe está pronta para enfrentar a semana decisiva. Ao longo das primeiras seis etapas, os pilotos da Monster Energy Honda Team foram protagonistas em praticamente todos os dias de corrida. Do prólogo até ontem, Ricky Brabec, Kevin Benavides e Joan Barreda conquistaram vitórias nas especiais do Dakar 2021, com Barreda vencendo três. Todos atualmente ocupam posições na classificação geral que favorecem um ataque final ao objetivo final: a vitória geral.


Benavides ocupa o segundo lugar da geral, um pouco mais de 2 minutos do líder, seguido em terceiro pelo jovem chileno José Ignacio Cornejo, a menos de três minutos do líder. Joan Barreda também mantém suas opções em aberto cerca de 6minutos atrás do líder geral, com seu companheiro de equipe e atual campeão Ricky Brabec segurando o décimo terceiro lugar e provavelmente fará sua presença ser sentida nas próximas etapas.


Sakaka será o destino amanhã, com o início da Etapa Maratona. Os pilotos chegarão ao acampamento após uma caminhada de 737 km, sendo 471 km contra o relógio - durante a qual os competidores não poderão receber nenhum tipo de assistência mecânica externa, sendo que como disse a manutenção terá que ser feita pelos próprios pilotos.
























REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram