• DirtAction

Brasileiro MX - Troca de líderes


Paulo Alberto/Yamaha - Tiago Lopes

A 4ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross que aconteceu na cidade paulista de Apiaé neste final de semana (21 a 23/11) mexeu com a classificação geral, com mudança dos líderes nas principais categorias. Anthony Rodriguez (Honda Racing), um dos favoritos da edição, não pontuou na primeira bateria e com isso perdeu duas colocações na categoria MX1. Foram apenas 22 pontos acumulados contra 50 de Carlos Campano (Yamaha Racing), que saiu da segunda posicao para a lideranca.

Entretanto, o primeiro lugar não ficou com nenhum dos dois. Paulo Alberto (Yamaha Racing), que completava a tríade na terceira posicao - e agora ocupa a segunda - foi o mais rápido da tarde. Seu melhor tempo na primeira prova foi de 1m34s702. E não satisfeito com um pódio, o português terminou o dia com uma dobradinha. Na categoria Elite, fez a melhor volta, com 1m33s706. Com isso, assumiu a liderança da categoria e está apenas tres pontos atrás do Campano na MX1.


Resultado geral MX1

1-Paulo Alberto/Yamaha

2-Carlos Campano/Yamaha

3-Humberto Martin/Honda

4-Gustavo Pessoa/Pro Tork KTM

5-Caio Lopes


Resultado geral MX Elite

1-Paulo Alberto/Yamaha

2-Anthon Rodriguez/Honda

3-Carlos Campano/Yamaha

5.Fábio Santos/Yamaha

Na MX2, o destaque foi de Lucas Dunka (Honda Racing), que fez a melhor volta em 1m37s052. A disputa com o segundo colocado, Léo Souza (Honda Racing), que finalizou em 1m37s169, levou o público ao delírio. Foram diversas passagens e ultrapassagens nos minutos finais, decorrentes de erros cometidos pelos dois ao longo da prova, que no fim resultaram em uma dobradinha da Honda Racing.

O que o publico não esperava era ver Pepê Bueno (Yamaha Racing), antigo líder da categoria, fora da pista. Com 10 minutos de prova o piloto sofreu com uma falha mecIanica na moto e teve que abandonar a corrida em uma curva próxima ao Pit Board. Com isso, ele caiu para a segunda posição na tabela de pontos.


Resultado geral da MX2

1-Lucas Dunka/Honda

2-Leonardo Souza/Honda

3-Joaquim Antonio Neto

4-Gabriel Gutierres]5-Gabriel Andrigo


A categoria Júnior também passou diversas emoções ao público. Quem venceu foi Franco Iavecchia (KTM), com 1m49s097. Mas apesar da vitória, o rapaz não conseguiu subir na tabela, já que estava muito atrás dos adversários. Ele e o segundo colocado, Gabriel Marcoline, deram um show nas pistas, em uma prova bonita e com poucos erros.

A categoria MX3 foi a primeira da tarde. Roosevelt de Freitas (FK Racing) saiu na frente e venceu a prova, seguido por Rodrigo Taborda, Marcus Vinicius Ribeiro, Willian Alves e João Vitor Cardeli. Com este resultado, Roosevelt é líder da categoria.


Demais categorias - Na categoria Feminina, vitória de Mariana Balbi da Pro Tork/KTm, com Maiara Basso da Yamaha em segundo e Larissa Laira em terceiro. Guilherme Bresolini venceu a MX2 JR, seguido por Gabriel Andrigo e Henrique Henicka. Na MX4 primeiro lugar para Willian Guimarães, seguido por Walter Sergio Tadini e Luiz Fernando Medeiros. E na MX5 vitória de Alencar Krefta, com Marco Muller em segundo e Sandro Botelho em terceiro. Caio Lopes venceu a Nacional, com Gustavo Pereira do Amaral em segundo e Diego Fernando Henning em terceiro.

Classificação do campeonato

MX1 1 – #115 – CARLOS CAMPANO/Yamaha – 133 pontos 2 – #211 – PAULO ALBERTO – 130 pontos 3 – #127 – ANTHONY RODRIGUEZ – 114 pontos 4 – #891 – GUSTAVO PESSOA – 100 pontos 5 – #101 – HUMBERTO MARTIN - 89 pontos

Elite MX 1 – #211 – PAULO ALBERTO – 70 pontos 2 – #127 – ANTHONY RODRIGUEZ – 67 pontos 3 – #115 – CARLOS CAMPANO – 64 pontos 4 – #891 – GUSTAVO PESSOA – 46 pontos 5 – #101 – HUMBERTO MARTIN – 42 pontos

MX2 1 – #34 – LUCAS DUNKA – 130 pontos 2 – #97 – PEPÊ BUENO – 114 pontos 3 – #61 – FREDERICO SPAGNOL – 108 pontos 4 – #45 – LEONARDO SOUZA – 97 pontos 5 – #10 – GABRIEL ANDRIGO – 97 pontos

REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram