• DirtAction

Brasileiro de Motocross - Mudanças no regulamento


Foto Tiago Lopes/CBM

O regulamento do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021 sofrerá uma alteração no que se refere à classe MX2. A partir de agora pilotos acima de 23 anos poderão disputar a categoria, desde que se enquadrem dentro das restrições estipuladas pela Comissão de Motocross da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo). O anúncio oficial foi feito na noite desta terça-feira (20), durante a transmissão do programa Bate-Papo CBM, apresentado pelos locutores oficiais do BRMX, Christian Mascary e Valério Netto. A mudança vem para complementar a série de melhorias adotadas pela entidade neste ano. "A partir deste ano liberaremos a idade com as restrições necessárias para que seja justo para todos. A ideia sempre foi incentivá-los a subir de categoria, mas muitos ficaram de fora BRMX por motivos de força maior, estão há muito tempo sem treino, perderam a técnica e até mesmo o patrocínio, então queremos resgatá-los. Esta decisão incentivará a volta desses pilotos na competição", explica o diretor de Motocross, Wesley "Pakito". Para disputar o título da MX2, os pilotos acima de 23 anos não podem ter se classificado no campeonato entre os dez primeiros das classes MX1 e MX2 nos últimos três anos (2018, 2019 e 2020), já estes possuem condições técnicas para subir de nível. O motor de 250cc 2T (2 tempos) também será liberado nesta classe, antes só permitido para os modelos de até 125cc.

Os adendos serão inseridos no artigo 3, parágrafo 3.1, do regulamento do Campeonato Brasileiro de Motocross do ano vigente, que pode ser conferido abaixo.




























































Posts recentes

Ver tudo