top of page

Arena Cross em Caraguatatuba (SP) tem antigos e novos vencedores, além de arquibancadas lotadas


Paulo Alberto/Yamaha - Foto Rodrigo Junior

A edição de 25 anos do Arena Cross começou neste sábado (13/5), em Caraguatatuba (SP), com provas movimentadas, novos e antigos vencedores, além de arquibancadas lotadas, na estrutura montada no Serramar Shopping. Cerca de seis mil pessoas assistiram de perto às vitórias de Paulo Alberto (Pró), Gabriel Mielke (AX2), Zion Berchtold (65cc) e Pietro Fraga (50cc). As corridas podem ser conferidas no YouTube Arena Live Brasil (clique aqui). Nesta segunda-feira (15/5), o SporTV exibe as principais baterias na íntegra em dois horários: 17h30 e 19h. Categoria Pró O português Paulo Alberto (#211) teve uma noite perfeita na categoria Pró (competidores acima de 16 anos e motos até 450cc). Em busca do sexto título no evento e a consagração como maior campeão da história da competição, o piloto da Yamaha Monster Energy Geração venceu o Duelo 1x1 e as duas corridas do dia. Na primeira bateria, Paulo liderou de ponta a ponta. Na segunda, ele saiu um pouco mais para trás, mas logo assumiu a frente em uma prova com muitas quedas e abandonos. “Consegui vencer os três desafios desta etapa. Na última bateria, a pista estava bastante difícil, com muita canaleta e muito fácil de escorregar. Mantive o foco até o final e o resultado foi esse. Estou muito feliz e agradeço a todo meu time”, ressalta Paulo Alberto. Estreante na Pró, Gabriel Andrigo (#18) fechou o dia na segunda colocação. Completaram o pódio Leonardo Souza (#45), Jean Ramos #10 (BRA) e Ramyller Alves (#22). Categoria AX2 Na corrida mais disputada da noite, a AX2 (pilotos de 14 a 23 anos e motos até 250cc), Gabriel Mielke (#102), da Pro Tork KTM Racing Team, levou a melhor e comemorou muito a sua primeira vitória no Arena Cross. A prova teve o holeshot do argentino Tomas Moyano (#49), com liderança tomada pro Marcello Leodorico (#244), que sofreu uma queda quando faltava um pouco menos de três minutos do tempo final. “Fiz uma ótima largada. Foi uma prova intensa do início ao fim. Todos os pilotos estavam em um nível muito bom. Estou muito feliz e quero dedicar essa vitória aos meus pais e meu mecânico que estão comigo todos os dias”, evidencia Mielke. Henrique Henicka (#202) foi o segundo; Bernardo Tiburcio (#3), o terceiro e Guilherme Bresolin (#109), o quarto, seguido de Leodorico.


Gabriel Mielk/Pro Tork KTM

Categoria 65cc Zion Berchtold (#17), de 11 anos, da equipe Pro Tork KTM Racing Team, saiu na frente e se manteve na ponta até o final. O campeão de 2020 da 50cc iniciou firme a jornada em busca de mais um título do Arena Cross, agora na 65cc, classe para crianças e adolescentes de 7 a 12 anos. “A corrida foi muito boa. Larguei na frente e consegui fazer um ritmo, abri para manter um espaço. Muito obrigado a todos que assistiram e torceram por mim”, conta Berchtold. A segunda posição da corrida ficou com Guilherme Buozi (#274), com Miguel Boer (#357) em terceiro. Completaram o pódio Heitor Mattos (#300) e João Barbosa (#23). Categoria 50cc Pietro Fraga (#152) largou em primeiro, fez uma corrida segura e liderou até o fim a prova da 50cc, da garotada de 5 a 9 anos. A chegada da prova que abriu a temporada do Arena Cross teve muita emoção da família do piloto que comemorou muito a vitória. “Foi muito legal essa corrida. Distanciei muito do segundo colocado e foi muito bom”, diz o garoto de oito anos. João Vitor (#221) terminou em segundo, Arthur Lourenzo (#505), em terceiro, seguido de Nicolas Gabriel (#465) e Lorenzo Bermond (#730). Encontro com crianças, bate-papo com o público e sessão de autógrafos Os alunos da 6ª e 7ª série da Escola Municipal Edna Maria Ferraz estiveram na sexta-feira (12/5), na pista do Arena Cross para um bate-papo com os pilotos. Paulo Alberto, Jetro Salazar, Hugo Basaula, Fredy Spagnol, Guilherme Bresolin e Lorenzo Ricken conversaram com a garotada e aceleram no circuito em uma apresentação exclusiva para as crianças. Também como ação promocional do evento, os competidores participaram de um encontro com o público no Serramar Shopping, que contou com sorteio de ingressos e um capacete, além de distribuição de brindes. Já no sábado (13/5), quem compareceu à arena pôde ganhar cards autografados e tirar fotos com os pilotos. “É muito importante receber o Arena Cross, que é um evento que traz gente de todas as regiões do Brasil para a nossa cidade, cerca de mil a cada edição, sem falar nos 350 empregos gerados e na oportunidade de diversão ao público com as corridas”, completa Aguilar Junior, prefeito de Caraguatatuba (SP). O Arena Cross 2023 tem patrocínio da Monster, Honda, Pro Honda e Sportbay; copatrocínio da Yamaha, KTM, Kawasaki, Husqvarna e Golden Tyre. O apoio é da Prefeitura de Caraguatatuba, Serramar Shopping, revista Dirt Action, Show Radical e Moto Channel Brasil. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). A realização é da Romagnolli Promoções e Eventos e da Liga Nacional de Esportes a Motor (Linem). Arena Cross 2023 Resultados – Cinco primeiros Classificação do campeonato – após 1ª etapa Categoria Pró 1º - Paulo Alberto #211 (POR) – 42 pontos 2º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) – 30 pontos 3º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 28 pontos 4º - Jean Ramos #10 (BRA) – 26 pontos 5º - Ramyller Alves #22 (BRA) – 26 pontos Categoria AX2 1º - Gabriel Mielke #102 – 20 pontos 2º - Henrique Henicka #202 – 17 pontos 3º - Bernardo Tiburcio #3 – 15 pontos 4º - Guilherme Bresolin #109 – 13 pontos 5º - Marcello Leodorico #244 – 11 pontos Categoria 65cc 1º - Zion Berchtold #17 – 20 pontos 2º - Guilherme Buozi #274 – 17 pontos 3º - Miguel Boer #357 – 15 pontos 4º - Heitor Mattos #300 – 13 pontos 5º - João Barbosa #23 – 11 pontos Categoria 50cc 1º - Pietro Fraga #152 – 20 pontos 2º - João Vitor #221 – 17 pontos 3º - Arthur Lourenzo #505 – 15 pontos 4º - Nicolas Gabriel #465 – 13 pontos 5º - Lorenzo Bermond #730 – 11 pontos Soma Corridas Pró

1º - Paulo Alberto #211 (POR) – 42 pontos 2º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) – 30 pontos 3º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 28 pontos 4º - Jean Ramos #10 (BRA) – 26 pontos 5º - Ramyller Alves #22 (BRA) – 26 pontos 1ª Corrida Pró

1º - Paulo Alberto #211 (POR) 2º - Jeam Ramos #10 (BRA) 3º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) 4º - Ramyller Alves #22 (BRA) 5º - Leonardo Souza #45 (BRA) 2ª Corrida Pró 1º - Paulo Alberto #211 (POR) 2º - Leonardo Souza #45 (BRA) 3º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) 4º - Ramyller Alves #22 (BRA) 5º - Fredy Spagnol #61 (BRA) Corrida AX2

1º - Gabriel Mielke #102 2º - Henrique Henicka #202 3º - Bernardo Tiburcio #3 4º - Guilherme Bresolin #109 5º - Marcello Leodorico #244 Corrida 65cc

1º - Zion Berchtold #17 2º - Guilherme Buozi #274 3º - Miguel Boer #357 4º - Heitor Mattos #300 5º - João Barbosa #23 Corrida 50cc

1º - Pietro Fraga #152 2º - João Vitor #221 3º - Arthur Lourenzo #505 4º - Nicolas Gabriel #465 5º - Lorenzo Bermond #730 Calendário Arena Cross 2023 1ª etapa – 13 de maio – Caraguatatuba (SP) 2ª etapa – 3 de junho – Jundiaí (SP) 3ª etapa – 30 de junho – São Paulo (SP) 4ª etapa – 1 de julho – São Paulo (SP)









Commentaires


PRO TORK.jpg
CAPA 345.png
capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
POST REDE SOCIAL.png
ConjuntoSPrint.gif
unnamed.jpg
unnamed (1).jpg
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.04.jpeg
bottom of page