• Foto Gustavo Epifânio/Mundo Press

Dário Júlio vence segundo dia de disputas na categoria Brasil do Rally Cerapió 2020


Com dois dias de disputas, o Rally Cerapió 2020 chegou à metade ao desembarcar no Estado do Piauí, nesta quarta-feira (29/1), na cidade de Pedro II. Os competidores partiram de Sobral, ainda em solo cearense, e percorreram 282 quilômetros por trilhas em terrenos variados. O piloto Dário Júlio voltou a ser o primeiro colocado da categoria Brasil. Assim, o competidor da equipe Honda Racing amplia vantagem na liderança da classe exclusiva para motos nacionais com a Honda CRF 250F.

Dário Júlio ressalta o alto nível técnico da prova de Enduro de Regularidade. De olho na taça inédita da Brasil, ele possui três títulos na categoria Master (2007, 2009 e 2011) e um na Over 40 (2018). “Tivemos trilhas bem técnicas e difíceis até aqui. Neste segundo dia, passamos pela Subida do Marca-Passo, que sem dúvidas foi a parte mais seletiva da prova: uma sequência de quase dois quilômetros por trilhas repletas de degraus de pedras e curvas em cotovelo”, relata.

O experiente piloto mineiro torce para que o nível dos desafios continue alto até a linha de chegada. “Quem gosta de Enduro de Regularidade de verdade quer essas trilhas difíceis e os obstáculos. A sensação de chegar no fim do dia superando todas as dificuldades é o que nos empolga. Vamos trabalhar para fazer o melhor nos últimos dois dias de prova - e eu espero que sejam como os primeiros, com muita trilha e desafios”, acrescenta Dário Júlio. 


A equipe Honda Racing conta com mais dois representantes, ambos estreantes no Rally Cerapió e especialistas em outra modalidade off-road, o Enduro FIM. Com a Honda CRF 250F, a goiana Bárbara Neves segue firme na disputa entre os homens da categoria Júnior, sendo que o mineiro Gabriel Soares completou o segundo dia de prova pela classe Sênior, com a CRF 450RX.

Bárbara Neves finalizou a etapa em 10º lugar e ocupa a nona colocação na tabela da Júnior. “O dia foi do jeito que eu gosto, com muita pedra. Consegui andar bem, mas eu atrasei em alguns pontos. O Enduro de Regularidade é assim, cheio de emoções pelo caminho. Sinto que estou cada vez mais adaptada com a planilha, a navegação e as médias de velocidade, que são bem altas em alguns trechos - até parece Enduro FIM”, compara a piloto, atual bicampeã latino-americana e brasileira da modalidade que traz disputas contra o relógio.

Na Sênior, Gabriel Soares está em nono lugar na classificação, após completar o dia em oitavo lugar. “Foi uma etapa muito legal, com variação grande de tipos de terrenos. Teve de tudo, pedra, areia e cascalho, e fiquei muito feliz em completar mais um dia, após 8h37min de disputas. A experiência tem sido incrível e com certeza vai agregar muito para as provas de Enduro FIM”, garante.

A equipe Honda Racing de Enduro de Regularidade é patrocinada por Pro Honda, ASW, Michelin, DID e Seguros Honda.


REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram