• DirtAction

Héctor Assunção no AMA SX


A estreia do brasileiro Hector Assunção na abertura do AMA Supercross 2020, neste sábado (4/1), em Anaheim, na Califórnia, Estados Unidos, foi bastante positiva. O piloto da equipe Honda Racing avançou às baterias noturnas da categoria 450SX e mostrou evolução a cada sessão na pista.

Aos 27 anos e atual campeão do Arena Cross, na categoria Pró, Assunção aproveita a oportunidade como pré-temporada para as competições nacionais, que se iniciam em março no Brasil. “Gostei bastante dessa minha estreia. Consegui evoluir demais do meu primeiro treino à última corrida que participei nessa etapa de abertura”, diz o paulista de Jandira.

A classe 450SX é muito disputada e reúne os melhores da competição, considerada o mundial da modalidade. Para esta prova em Anaheim, 55 pilotos iniciaram a disputa, divididos em três grupos para os classificatórios. Hector Assunção concluiu o primeiro treino do dia na quarta colocação e o segundo, em terceiro lugar do grupo.

Apenas 40 passaram para a segunda fase, as duas primeiras corridas noturnas, e entre eles estava o brasileiro. “A cada sessão, baixava meu tempo. Foram cerca de cinco segundos a menos ao todo, o que significa uma boa evolução para quem andou praticamente pela primeira vez em uma pista de supercross, já que onde estava treinando é bem diferente daqui. Comparei os meus tempos e vi que fiquei bem perto de grandes pilotos”, explica Assunção, que acelerou a motocicleta CRF 450R.

Nas duas primeiras baterias noturnas se classificam direto para a corrida principal os nove primeiros colocados. Os demais vão para uma repescagem, a última chance de classificação, na qual o vencedor e o segundo lugar conquistam as vagas restantes para a prova final do dia. Hector Assunção concluiu a bateria na 14ª posição e a repescagem em 15º, o que não foi o suficiente para chegar à final. “Mesmo assim, estou muito feliz com meu desempenho. Conseguir nesse primeiro momento classificar para as corridas noturnas foi sensacional. Só de estar ali entre os melhores já é uma grande vitória para mim”, diz.

Assunção continua nos Estados Unidos para participar de mais duas etapas do AMA Supercross. No dia 18, ele correrá a terceira etapa também em Anaheim, e a quarta rodada, no dia 25, em Glendale, no Arizona. “Agora terei 15 dias para treinar e estar melhor para a próxima etapa que vou participar e, quem sabe, chegar à classificação para a corrida principal”, finaliza o brasileiro.

Na corrida principal, os pilotos da Team HRC Ken Roczen e Justin Brayton terminaram a prova em sexto e oitavo lugares, respectivamente. A vitória ficou com Justin Barcia. A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada pela Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID e Seguros Honda.


REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram