• Donizetti Castilho/Mundo Press

Sertões - Tunico Maciel vence a terceira etapa


De Barra do Garças (MT) a São Miguel do Araguaia (GO), a terceira etapa do Sertões 2019 apontou o piloto Tunico Maciel como o mais rápido entre as motocicletas, nesta terça-feira (27/8). Com os resultados do dia, o mineiro mantém a liderança e a equipe Honda Racing segue nas três primeiras posições da classificação geral da categoria. O gaúcho Gregorio Caselani é o segundo colocado, seguido pelo paulista Jean Azevedo. Os pilotos aceleram a moto Honda CRF 450RX.

Marcado por altas velocidades, o percurso do dia teve 764 quilômetros, incluindo 403 de especiais (trechos cronometrados). “A terceira etapa foi de ‘mão no fundo’ o tempo todo, sem dúvidas o motor dos equipamentos fez a diferença”, analisa Maciel, o atual campeão da categoria no Sertões.

Ele chegou a Goiás com a sensação de dever cumprido. “Completei a etapa de forma sólida, tranquila e com a cabeça no lugar. A moto chegou inteira e não tive sustos pelo caminho. O Sertões é um dia por vez, sem pensar no resultado final, e agora é preparar tudo para largar de novo na frente na quarta etapa”, continua.

Líder da classe Super Production, Gregorio Caselani está a apenas 5min25seg do companheiro de equipe na briga pelo título geral das motos. “A terceira especial teve muitas retas, andamos boa parte da prova acima dos 120 km por hora. Acredito que a quarta etapa também será bastante rápida para, no quinto dia, o Sertões entrar no Jalapão - onde a prova ficará ainda mais difícil e pesada”, aposta o gaúcho, campeão geral do Sertões em 2016.

Jean Azevedo completa a briga caseira da Honda Racing, em terceiro lugar na geral e na vice-liderança da classe Super Production. O heptacampeão do Sertões passou pela etapa do dia sem problemas. “Foi uma especial rápida o tempo todo, sem muita exigência na navegação e na parte física. Estou preparado para a próxima”, finaliza Azevedo.

A quarta etapa do rali, nesta quarta-feira (28/8), entra no estado do Tocantins com destino à cidade de Porto Nacional. Serão 570 km de desafios (275 deles de especiais), incluindo estradas de fazendas, algumas mais estreitas, e terreno com cascalho e piçarras.

Patrocinado pela Honda, o 27º Sertões largou no dia 25 de agosto de Campo Grande (MS). O rali conta com oito dias de disputas até a chegada em Aquiraz (CE), marcada para 1º de setembro. O roteiro total é de 4.890 quilômetros, sendo 2.861 de especiais (trechos cronometrados), com passagem por seis estados: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Piauí e Ceará. A prova inclui também categorias para carros, UTVs e quadriciclos.

A equipe Honda Racing de Rally Cross Country é patrocinada por Pro Honda, ASW, Michelin, DID e Seguros Honda.

Marcelo Medeiros (foto Ricardo Leizer/Fotop), bicampeão dos Sertões, manteve a liderança entre os quadriciclos, completando os 403 quilômetros de especiais cronometradas entre Barra do Garças (MT) e São Miguel do Araguaia (GO) na primeira colocação com o tempo de 4h25min42seg. Com o resultado, o maranhense da Taguatur Racing ainda detém o direito de usar o “colar do lider” (prerrogativa dos melhores do dia, dentro da competição).

“Muito feliz por manter o cordão do líder na busca pelo terceiro título do Sertões. Nos dias até aqui as etapas exigiram muito do preparo físico, ainda mais com o quadriciclo que não chega a ser uma moto estreita e não tem a largura de um carro, porque joga de um lado e do outro”, comenta o piloto maranhense Marcelo Medeiros líder entre os quadriciclos.

Sertões 2019 - Classificação após três etapas (resultados extraoficiais)

Classificação geral – Motocicletas 1 - Tunico Maciel #1 - 15:02:59 2 - Gregorio Caselani #5 - 15:08:25 3 - Jean Azevedo #3 - 15:20:48 4 - Bruno Leles #18 - 15:49:32 5 - Tulio Malta #4 - 16:05:38

Categoria Super Production 1 - Gregorio Caselani #5 - 15:08:25 2 - Jean Azevedo #3 - 15:20:48 - 3 - Bruno Leles #18 - 15:49:32 4 - Ricardo Martins #2 - 16:47:40 5 - Ramon Sacilotti #11 - 16:59:19

Categoria Production Aberta 1 - Tunico Maciel #1 - 15:02:59 2 - Tulio Malta #4 - 16:05:38 3 - Mário Marchiori #8 - 16:33:27 4 - Vítor Closs #9 - 16:34:20 5 - Rafael Milan #12 - 17:10:21

Programação Sertões 2019:

28/8 - Quarta-feira 4ª etapa - São Miguel do Araguaia (GO) a Porto Nacional (TO) Deslocamento inicial - 69 km| Especial (Cronometrado) - 275 km Deslocamento final - 226 km Total do dia - 570 km

O quarto dia entrará no Tocantins e será de preparação para a etapa Maratona, na qual os competidores não poderão ter ajuda da equipe na manutenção dos veículos. Será uma especial do início ao fim bem prazerosa, com cascalho, piçarras, gostosa de acelerar e bem técnica. O percurso incluirá estradas de fazendas, algumas mais estreitas, mas sem grandes dificuldades.

29/8 - Quinta-feira 5ª etapa - Porto Nacional (TO) a São Félix do Tocantins (TO) – Maratona Deslocamento inicial - 142 km Especial (Cronometrado) - 330 km Deslocamento final - 3 km Total do dia - 475 km

A primeira parte da etapa Maratona será com um visual bem bonito do Jalapão, região marcante na história do Sertões. Porém, o desafio estará no piso de muita “quebradeira”, com erosões e pedras, mais abrasivo do que nos dias anteriores. Haverá passagens em rios, grandes retas com areia pesada e terra batida. A atenção deverá estar na mudança de cores no piso e também na hidratação.

30/8 - Sexta-feira 6ª etapa - São Félix do Tocantins (TO) a Bom Jesus (PI) – Maratona Deslocamento inicial - 0 km Especial (Cronometrado) - 535 km Deslocamento final - 2 km Total do dia - 537 km

O dia da última parte da etapa Maratona ficará marcado pela maior especial da história do Sertões, em 27 anos. Será o trecho mais importante da edição, com muita areia, grandes retas, poucas sombras, descidas de serras, bem árido, com todos os tipos de pisos. Destaque para a paisagem durante a passagem pelos cânions de Bom Jesus, no Piauí.

31/8 - Sábado 7ª etapa - Bom Jesus (PI) a Crateús (CE) Deslocamento inicial - 2 km Especial (Cronometrado) - 325 km Deslocamento final - 628 km Total do dia - 955 km

Depois de seis dias muito intensos nas especiais, o Sertões 2019 começará a diminuir forte o ritmo nos trechos cronometrados. Porém, será a etapa mais longa da edição em quilometragem, com um deslocamento final de 617 km - um desafio extra para todos os pilotos, que terão que controlar o sono e o cansaço antes da chegada no penúltimo destino, em Crateús (CE).

1/9 - Domingo 8ª etapa - Crateús (CE) - Aquiraz (CE) Deslocamento inicial - 428 km Especial (Cronometrado) - 18 km Deslocamento final - 6 km Total do dia - 452 km

O dia iniciará com um deslocamento direto para a especial de 30 km nas dunas de Aquiraz (CE). Será um circuito de 10 km, com três voltas nas areias, uma dinâmica bem diferente das demais especiais. A largada será em linha e a chegada, no Beach Park, famoso parque aquático da região.

Total de especiais - 2.861 km Total da prova - 4.890 km

*As informações são fornecidas pela organização do evento e estão sujeitas a alterações


REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram