• DirtAction

Mundial MX - Gajser é campeão


Neste domingo (18/08) acontece a décima quinta etapa do Mundial de Motocross, o GP da Itália no circuito de Imola, e na primeira bateria da MXGP vitória de Glenn Coldenhoff da KTM, seguido por Jeremy Seewer da Yamaha, Gautier Paulin e Arnaud Tonus, ambos da Yamaha e fechando os cinco primeiros Tim Gajser da Honda, que com este resultado conquista o título da temporada antecipadamente. Este é o segundo título do piloto na 450cc, sendo que ele já possui um campeonato na 250cc, conquistado em 2015.

Com este resultado ele se junta a uma lista muito seleta de pilotos que ganharam três campeonatos mundiais a bordo de uma Honda, com Andre Malherbe (1980, 1981, 1984), David Thorpe (1985, 1986, 1989), Georges Jobe (1987, 1991, 1992) e Eric Geboers (1987, 1988, 1990) os únicos pilotos que conseguiram este feito. Ele se transferiu para o segundo lugar na lista de vitórias de todos os tempos da Honda com 24 (depois de Lommel), ao lado de Stefan Everts (24) e Malherbe (27), e com quatro rodadas ainda restantes ainda há uma possibilidade dele pode ir para o topo da lista, se ele vencer o resto da temporada.

Na primeira bateria da MX2 vitória de Jorge Prado da KTM, seguido por Thomas Olsen da Husqvarna, Max Renaux da Yamaha, Jago Geerts também da marca japonea e Mathys Boisrame da Honda. O brasileiro Gustavo Pessoa da Kawasaki finalizou essa prova na 22a. posição.

Resultado da 1a. bateria

250cc

1.Jorge Prado/KTM

2.Thomas Olsen/Husqvarna

3.Maxime Renaux/Yamaha

450cc

1.Glenn Coldenhoff/KTM

2.Jeremy Seewer/Yamaha

3.Gautier Paulin/Yamaha


REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram