• Fotos Rogério/Janjão

Brasileiro Enduro FIM - Foi dada a largada


A abertura do campeonato brasileiro de enduro FIM aconteceu neste final de semana (16 e 17) em Itapema, Santa Catarina, e o forte calor pesou durante as provas, além da chuva, que caiu durante os dias que antecederam a etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Enduro, castigou as trilhas e dificultou a vida dos pilotos.

As emoções da etapa de abertura começaram já na sexta-feira à noite (15), no Super Prime promocional inédito. Com arquibancadas lotadas na Praça da Paz, o público vibrou diante das disputas em um circuito repleto de obstáculos, como pedras, toras de madeiras e rampas. Os pilotos da classe Enduro GP largaram dois a dois no desafio, e o mineiro Gabriel Soares (Honda Racing) marcou o menor tempo. As disputas nas trilhas da região apresentaram muita lama e chão escorregadio. O circuito estava bem sinalizado com fitas biodegradáveis da Poliplastic que serão removidas e, caso alguma tenha ficado pelo caminho por conta da passagem das motos, não agridem a natureza.

Na categoria EnduroGP, vitória do piloto da Husqvarna, Gustavo Pelin (foto acima), seguido pelo "estreante" no campeonato, o francês da Yamaha, Romain Dumontier e Júlio César ELizário. Romain venceu a E2, com Gabriel Soares da Honda em segundo e Diego Baesso Colett em terceiro. “A prova estava muito técnica, com especiais bem lisas, do jeito que eu gosto. Eu me senti confiante desde o início. Imprimi um ritmo forte e tudo deu certo, mesmo depois de ter sofrido uma queda no domingo”, contou o ponteiro da Enduro GP e da E3.

Na E1, o mineiro Júlio Ferreira, novidade da equipe Edgers Racing, foi rápido e consistente. Ele garantiu a liderança da categoria. “Foi um final de semana muito bom, entramos no Campeonato Brasileiro com o pé direito. Estou muito satisfeito em estrear com vitória em uma nova equipe. Temos muito trabalho pela frente, já que este foi apenas o primeiro desafio, e estou animado”, disse o piloto.

Romain participou também da E2, onde levou a vitória, com Gabriel Soares em segundo e Diego Collet em terceiro. "Foi um fim de semana bom, de aprendizado para mim, para eu entender melhor como é o enduro no Brasil. Na sexta, no Super Prime, me senti bem, gostei da presença do público e achei muito interessante o show que fizeram. No sábado, senti dificuldades com o calor, demorei a encontrar um bom ritmo, mas no domingo fiz meu trabalho e consegui mostrar que podemos brigar pelo título ao vencer uma prova que estava muito difícil. Estou feliz com a recepção e com o resultado. Volto para França e retorno ao Brasil em poucos dias para a segunda etapa." afirmou Romain.

Pelin também venceu na E3, com Nicolas Rodriguez da Honda em segundo e Vinivius Calafati da KTM em terceiro. Na categoria feminino, EF, vitória de Bárbara Fernades da Honda, com Tainá Aguiar em segundo e Beatriz Mozzo em terceiro. A prova teve de tudo um pouco, pedra, lama e chão escorregadio, e os pilotos mais completos se destacaram”, analisou a atleta. “Foi um ótimo resultado e vou trabalhar para seguir evoluindo. A Honda CRF 250F estava incrível, a motocicleta me ajudou muito para conseguir o desempenho”, acrescentou Bárbara Neves.

Patrik Capila, do Espírito Santo, venceu a categoria EJ enfrentando muitas dores nas costas devido a uma lesão. "Vencer teve um sabor especial, porque superei as dores e uma semana antes, após a queda, tive receio de não poder competir, mas fui liberado pelos médicos e me senti seguro com a qualidade e conforto dos nossos equipamentos de proteção. Na segunda etapa estaremos mais forte", disse o capixaba.

Atual campeão da E1 e da Enduro GP, o capixaba Bruno Crivilin da Honda está em recuperação de uma lesão no joelho direito e não pôde completar a prova. “Depois de consultar a equipe, o meu médico e o fisioterapeuta, optamos por não forçar a recuperação, que está indo muito bem”, explicou Crivilin.

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 1ª etapa - Itapema (SC) Resultados Enduro GP 1 - Gustavo Pellin - 45 pontos 2 - Romain Dumontier - 40 3 - Júlio Ferreira - 40

Categoria E1 1 - Júlio Ferreira - 47 pontos 2 - Rômulo Bottrel - 47 3 - Loandro Anton - 40 Categoria E2 1 - Romain Dumontier - 47 2 - Gabriel Soares - 47 3 - Diego Colett - 40 Categoria E3 1 - Gustavo Pellin - 50 2 - Nicolás Rodriguez - 42 3 - Vinicius Calafati - 40

Categoria EJ 1 - Patrik Capila - 47 2 - Willian Lauers - 45 3 - Wasington Murillo - 42

Categoria E35 1 - Nielsen Bueno - 50 2 - Mauricio Rizzon - 42 3 - Anderson Vieira - 42

Categoria E40 1 - José Mário da Fonseca - 50 2 - Cassiano Tebaldi - 44 3 - Erasmo Klering - 38

Categoria E45 1 - Maurício Fernandes - 50 2 - Frederico Garcia - 44 3 - Adenilson Schmitt - 36

Categoria E50 1 - Marcos Benvenutti - 47 2 - José Antônio Cadima - 40 3 - Daniel dos Reis - 39

Categoria EF 1 - Bárbara Neves - 50 2 - Tainá Aguiar - 42 3 - Beatriz Miozzo - 22 Categoria E4 230 1 - Flávio Volpi - 47 2 - Fernando Pereira - 47 3 – Ewerson Araújo - 40 Categoria EA 1 - Juliano Wilgen - 50 2 - Felipe Schwantz - 42 3 – Diego Schneider - 40 Categorias Kids Youth 1 - Leonardo Kauffmann 2 - Vinícius Aguilar 3 - Bruno Massa Juvenil 1 - Frederico Mediote Rangel 2 - Bruno Tennut 3 - Danilo Sfalsim

Cadete 1 - Miguel Margon 2 - Estevão Mediote Rangel 3 - Fernando Almeida Infantil 1 - Theo Cravo 2 - Pedro Henrique 3 - Arthur ​


REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram