• Dani Castilho/Mundo Press

RN 1500 - Gregorio Caselani vence última etapa e fatura o bicampeonato do Rally


O piloto Gregorio Caselani, da equipe Honda Racing, conquistou o bicampeonato das motocicletas no Rally RN 1500 neste domingo (15), após vencer a quarta e última etapa da competição, realizada entre as cidades de Currais Novos e Bom Jesus, no Rio Grande do Norte. O gaúcho, que acelerou a nova Honda CRF 450RX, também faturou o troféu da categoria Super Production. Ele ultrapassou seu companheiro de equipe Jean Azevedo no último dia de certame, superando-o por pouco mais de três segundos. Além de Caselani, os pilotos da Honda Racing Jean Azevedo e Tunico Maciel competiram com a CRF 450RX e foram destaques. Azevedo fechou o Rally RN 1500 na segunda posição da classe Super Production e na classificação geral, ao passo que Maciel levou para a casa a taça da categoria Production Aberta e finalizou a prova, que marca o início do Brasileiro de Rally Cross Country, no terceiro posto geral. Júlio “Bissinho” Zavatti, o outro piloto da equipe vermelha na corrida, por fim, venceu todas as etapas da classe Rally Brasil a bordo de uma CRF 230F e conquistou o título da categoria, que reúne apenas pilotos que competem com motocicletas fabricadas no país. Desta forma, a Honda Racing conquistou 100% de rendimento, com vitórias nas três categorias que disputou e com a presença de seus pilotos nas três primeiras colocações na classificação geral. No quarto e último dia de disputas, no trecho cronometrado de 115 km, os pilotos encontraram um terreno com muitas pedras, com o solo apresentando erosões por conta das fortes chuvas que caíram nos últimos dias na região – os competidores também aceleraram em uma descida de serra. O Rally RN 1500 foi considerado uma prova completa pelos participantes, já que apresentou diferentes tipos de solo, da areia das dunas aos degraus de pedra, passando por poças d’água e trilhas fechadas. “Acabei não indo tão bem na areia e depois, quando entramos na terra, que é um terreno que estou mais habituado, consegui imprimir um ritmo mais forte”, afirmou o bicampeão Gregorio Caselani, que já havia vencido no local em 2016. “Passamos por quatro dias com areia, dunas, serra, pedras, estradas travadas, estradas mais rápidas, enfim, diversos desafios, e as motos CRF 450RX terminaram intactas”, disse. “Isso para nós foi um grande teste para esse início de temporada e todos se saíram muito bem. Estou muito feliz pela conquista do título.” Jean Azevedo, que terminou a disputa atrás de Caselani, afirmou ter ficado satisfeito com o desempenho na competição, apesar de o heptacampeonato ter escapado na última etapa. “Estou contente, corri bem nos quatro dias, sempre disputando a primeira colocação e acabei ficando com o vice-campeonato por apenas três segundos”, disse. “Foi uma bela disputa e estou feliz pelo fato da Honda Racing ter alcançado seu objetivo, que era fechar a competição nas três primeiras posições.” Tunico Maciel, que venceu na classe Production Aberta, disse que a Honda CRF 450RX foi aprovada. “A moto foi perfeita nos diferentes tipos de terreno. Depois de alguns meses de teste, a CRF 450RX correspondeu totalmente às nossas expectativas, o que traz muita motivação para as próximas competições.\\\" Destaque absoluto entre pilotos que competem com motocicletas nacionais, Júlio “Bissinho” Zavatti teve um desempenho perfeito com a CRF 230F na categoria Rally Brasil, vencendo todas as etapas. “Estou muito feliz de ter terminado a competição sem nenhum problema, correndo em alto nível”, disse. “Foi melhor estreia de temporada possível”, finalizou. Além de motos, o Rally RN 1500 reuniu quadriciclos, UTVs e carros e somou mais de 800 km de percurso - 564 deles de especiais. A dupla catarinense confirmou a taça inédita nos momentos finais, com apenas dois minutos de vantagem sobre Pedro Garcia/Lauro Sobreira. Eles aceleraram o Can-Am Maverick X3, UTV campeão da categoria no Rally Dakar 2018, o qual foi a escolha dos 10 competidores mais rápidos no evento potiguar. O roteiro teve início na última quinta-feira (12) em São Miguel do Gostoso e ainda passou pelas cidades de Assu, Currais Novos e Bom Jesus. “Fomos cautelosos nos primeiros dias para sentir a prova e o nível dos adversários, que estava muito alto. Nesta quarta e última etapa, assumimos os riscos e aceleramos tudo que foi possível para buscar a diferença. E deu certo”, contou Deni Nascimento. O piloto conta com o suporte da concessionária BRP Sá Náutica e também faturou o título da classe UTV Pro Turbo. “O Can-Am Maverick X3 fez valer o prestígio que tem no off-road, sem dúvidas é um UTV diferenciado. Por conta da chuva nos últimos dias, o percurso da quarta etapa estava cheio de pedras, erosões e buracos. A nossa estratégia foi acelerar o máximo, então não poupamos o equipamento em nenhum obstáculo, e mesmo assim o Can-Am Maverick X3 chegou à linha de chegada sem qualquer esforço”, acrescentou o piloto, que só havia vencido o RN 1500 na categoria para motocicletas. A equipe Terrabella Racing, do Ceará, foi outro grande destaque. Além dos vice-campeões Pedro Garcia e Lauro Sobreira, emplacou a dupla Edinardo Filho/João Arena na terceira posição dos UTVs. Na categoria UTV Super Production, Carlos Eduardo de Melo e Luciano Bezerra, da Box Adventure, foram os mais rápidos. O Rally RN 1500 conta com o patrocínio da Can-Am e ainda incluiu quadriciclos, motos e carros. O Rally Jalapão 500, que vale como as próximas etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, será realizado entre os dias 7 e 10 de junho, no Parque Estadual do Jalapão, no interior de Tocantins. A equipe Honda Racing de Rally conta com o patrocínio da Honda, Michelin, Mobil, D.I.D correntes, Edgers, BRC, Race Tech e Alex Design.

Rally RN 1500 - 4ª etapa (resultados extraoficiais) Classificação geral – Motocicletas 1 - Gregorio Caselani - 1:31:32 - Honda CRF 450RX 2 - Jean Azevedo – 1:32:38 - Honda CRF 450RX 3 - Ricardo Martins – 1:34:48 4 - Mario Marchiori - 1:35:04 5 - Wesley Macedo – 1:35:06 Categoria Super Production 1 - Gregorio Caselani - 1:31:32 - Honda CRF 450RX 2 - Jean Azevedo - 1:32:38 - Honda CRF 450RX 3 - Ricardo Martins - 1:34:48 4- Ramon Sacilotti - 1:35:51 5 - José Hélio Rodrigues - 1:36:59 Categoria Production Aberta 1 - Mario Marchiori - 1:35:04 2 - Lauro Lopes - 1:38:07 3 - Ezair Bossa - 1:38:10 4 - Luciano Gomes - 1:39:07 5 - Rafael Milan - 1:41:06 Categoria Rally Brasil 1 - Júlio “Bissinho” Zavatti - 1:36:41 - Honda CRF 230F 2 - Álvaro Almeida - 1:38:20 3 - Yuri Giordano - 1:42:58 4 - Thiago Ferreira - 1:49:43 5 - Denis de Andrade – 1:51:49

Classificação final após quatro etapas (extraoficial) Classificação geral - Motocicletas 1 - Gregorio Caselani - 8:03:59 - Honda CRF 450RX 2 - Jean Azevedo - 8:04:03 - Honda CRF 450RX 3 - Tunico Maciel - 8:17:49 - Honda CRF 450RX 4 - Ricardo Martins - 8:23:23 5 - Ramon Sacilotti - 8:27:49 Categoria Super Production 1 - Gregorio Caselani - 8:03:59 - Honda CRF 450R 2 - Jean Azevedo - 8:04:03 - Honda CRF 450RX 3 - Ricardo Martins - 8:23:23 4 - Ramon Sacilotti - 8:27:49 5 - José Hélio Rodrigues - 8:33:55 Categoria Production Aberta 1 - Tunico Maciel - 8:17:49 - Honda CRF 450RX 2 - Mario Marchiori - 8:28:12 3 - Luciano Gomes - 8:41:07 4 - Lauro Lopes - 8:58:16 5 - Ezair Rodrigo Bossa - 9:00:03 Categoria Rally Brasil 1 - Júlio “Bissinho” Zavatti - 8:41:37 - Honda CRF 230F 2 - Denis de Andrade - 9:51:12 3 - Yuri Giordano - 10:04:54 4 - Thiago Ferreira - 11:09:13 5 - Álvaro Almeida - 13:59:23

UTVs – Classificação geral 1 - DENISIO NASCIMENTO/IDALI BOSSE RODRIGUES - 7:59:30 - Can-Am Maverick X3 2 - PEDRO GARCIA/LAURO SOBREIRA - 8:01:39 - Can-Am Maverick X3 3 - EDINARDO FILHO/JOÃO ARENA - 8:06:28 - Can-Am Maverick X3 4 - ALLAN SOUZA/FRANKLIN EDUARDO SANTOS - 8:47:16 - Can-Am Maverick X3 5 - AUGUSTO JOSÉ MONTANI/GABRIEL AGNOL - 8:48:47 - Can-Am Maverick X3

UTV Pro Turbo

1 - DENISIO NASCIMENTO/IDALI BOSSE - 7:59:30 - Can-Am Maverick X3

2 - PEDRO GARCIA/LAURO SOBREIRA - 8:01:39 - Can-Am Maverick X3

3 - EDINARDO FILHO/JOÃO ARENA - 8:06:28 - Can-Am Maverick X3

4 - ALLAN SOUZA/FRANKLIN EDUARDO SANTOS - 8:47:16 - Can-Am Maverick X3

5 - AUGUSTO JOSE MONTANI/GABRIEL AGNOL - 8:48:47 - Can-Am Maverick X3

UTV Super Production

1 - CARLOS EDUARDO SILVA DE MELO/LUCIANO BEZERRA - 9:02:47 - Can-Am Maverick X3 - Can-Am Maverick X3

2 - PAULO ARAGÃO / ANDRE BELEZA - 11:50:35

3 - ARNANDO MARINHO / EDILBERTO ANTONIO LOPES - 14:01:47 - Can-Am Maverick X3

4 - SILVIO EDUARDO TIECHER/HYUNG BARRETO - 14:05:56 - Can-Am Maverick X3

5 - GEORGE GRACA GUEDES/WILLIAM POSSIDONIO ARAUJO - 14:35:44 - Can-Am Maverick X3.

#GregórioCaselani

REVISTA DIRT ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram